Primeira volta: Peugeot 208 1.0 Style 2023 agrada em movimento e equipamentos

1657

Fabricado na Argentina, o Peugeot 208 2023 recebe motor 1.0 Firefly em duas versões para ampliar seu volume de mercado. Espaço no banco traseiro joga contra 

Por Marlos Ney Vidal
De Campinas (SP)

A Peugeot faz uma jogada de mestre ao lançar o 208 2023 com motorização 1.0 Firefly. Hatch começa a ser vendido em junho nas versões Like por R$ 72.990 e na Style por R$ 79.990, os preços são válidos para a modalidade de e-commerce. A nova motorização coloca o 208 na disputa onde se concentra 60% das vendas do segmento. De quebra, com o aumento de volume de importação do 208 da Argentina para o Brasil, Peugeot ajudará a Citroën a exportar maior volume do novo Citroën C3 para o país vizinho. 

A jogada ainda se completará com a chegada do 208 1.3 Fire com câmbios manual e CVT que ocorrerá até 2023. O turbo está nos planos curto prazo. 

Mas o assunto de hoje é o Peugeot 208 1.0 2023, na versão de entrada que já chega bem equipada, a marca mira as vendas para frotistas como locadoras e vendas corporativas. No entanto, ela deve fisgar alguns clientes pessoas físicas, afinal os R$ 7 mil de diferença que separam a versão de entrada Style podem fazer a diferença no financiamento. 

Neste primeiro contato não tivemos contato com a versão definitiva Like. Havia somente um protótipo que ainda não estava equipado do jeito como estará nas lojas. Mas em termos visuais ele vem equipado com rodas de aço de 15 polegadas com calotas, maçanetas e retrovisores sem pintura. O DRL dente de sabre está mantido.

Em termos de acabamento interno, o Peugeot 1.0 Like 2023 tem acabamento em tons pretos. No painel, há um aplique que simula fibra de carbono. Já os bancos são revestidos em tecido com acabamento mais simples.

Já a lista de equipamentos agrada mesmo na versão de entrada, a lista inclui ar-condicionado digital, direção elétrica, travas elétricas, alarme, chave canivete, vidros elétricos, volante multifuncional, coluna de direção com ajuste em altura e profundidade, retrovisores externos com ajustes elétricos, entre outros itens.

O Peugeot 208 1.0 Like 2023 também vem equipado com a nova central multimídia Peugeot Connect 10,3” com conexão Wireless de Android Auto e Apple Carplay.

Na parte de segurança, o 208 Like vem equipado com os obrigatórios freios ABS, controles de tração e estabilidade, ISOFIX e airbags duplo. Além dos itens compulsórios, o hatch conta com airbags laterais. 

Peugeot 208 1.0 Style 2023

O contato oficial com o Peugeot 208 1.0 Firefly 2023 foi com a versão Style que não será a mais vendida da linha em função das vendas jurídicas da Like. No entanto, se o cliente optar pelo 208 1.0, a opção Style deverá ser a preferida.

A marca aposta em visual exclusivo e itens de série não presentes em versões similares da concorrência. A Peugeot afirma que é o 1.0 mais completo do mercado, no entanto, se for considerar os itens de segurança, o título ainda é do Chevrolet Onix 1.0 que vem com seis airbags de série desde a versão de entrada, o 208 só tem quatro. 

Mas em termos de itens de conforto, conveniência e estéticos, o Peugeot 208 1.0 Style 2023 é sim o hatch compacto mais equipado do mercado. Além de todos os equipamentos da Like, a versão Style agrega faróis Full LED, grade exclusiva em Dark Chrome, rodas 16” Dark Style, aerofólio traseiro, wireless charger (carregamento de smartphone por indução), bancos e tapetes exclusivos Style, badge Style, teto panorâmico e o visiopark 180º (câmera + sensor de estacionamento traseiro. 

Já é jargão dizer que gosto é subjetivo, no entanto, o 208 tem linhas que devem agradar os olhos de boa parte dos clientes. O pacote visual da versão Style o deixou ainda mais atraente. A cor Cinza Artense caiu como uma luva para o hatch, aliás ela estará disponível para toda a gama. 

Se o futuro cliente não estiver preocupado com desempenho e sim com economia de combustível, em tempos de gasolina batendo na casa dos R$ 8, o 208 Style é uma opção interessante. 

Além do belo visual externo, o acabamento interno não tem apliques de tecido nas forrações de porta e painel, mas os materiais são de boa qualidade e os encaixes são perfeitos. O revestimento dos bancos com costura aparente em azul são bem agradáveis ao toque e aos olhos. 

Motorista e passageiro dianteiro contam com melhor conforto, os assentos dos bancos apoiam bem as pernas dos ocupantes e o encosto encorpado segura as costas dos ocupantes.

No entanto, a turma de trás merecia melhor conforto. O assento do banco é baixo e não apoia bem as pernas dos passageiros. O espaço para as pernas também poderia ser melhor. O 208 também peca pelo porta-malas de apenas 265 litros. 

O Peugeot 208 é conhecido pelo equilíbrio do comportamento dinâmico em curvas de baixa, média e alta. E isso não mudou com a adoção do motor 1.0. O hatch tem um bom acerto e é prazeroso de dirigir. 

O hatch parece sempre estar preso ao chão, mesmo abusando um pouco mais na pista, seu comportamento não muda e o condutor faz curvas sem sustos. A direção tem mais peso na calibragem com o carro em movimento e é leve em manobra.

O motor 1.0 Firefly das versões Like e Style tem a mesma calibração do Fiat Argo. O propulsor rende 71 cv de potência a 6.000 rpm e torque de 10 kgfm a 3.250 rpm com gasolina. Com etanol, a potência agora é de 75 cv a 6.000 rpm e torque de 10,7 kgfm a 3.250 rpm. O motor será ligado ao câmbio manual de cinco velocidades.

O 208 Style pesa 1.102 quilos e tem peso similar ao do Fiat Argo 1.0 Drive com seus 1.105 quilos. O que os deixa bem similares em termos de desempenho. 

Nosso primeiro contato com o Peugeot 208 1.0 Style 2023 foi em pista. Andamos primeiro com três ocupantes, e o motor 1.0 Firefly deu conta do recado e se mostrou ágil em alguns momentos. O bom torque em baixa permite boas retomadas sem ter que esgoelar o motor, já que ele aparece em 3.250 rpm. 

O 208 1.0 chega a ser ágil em alguns momentos, como todo o 1.0, é necessário explorar mais o câmbio. Falando no câmbio, a caixa é a mesma já usada pela Fiat, mas o modelo francês recebeu melhorias no trambulador e os encaixes melhoraram muito em relação ao Argo.

Com a versão Style, a Peugeot coloca o segmento de modelos 1.0 em outro patamar. E mostra que há espaço para modelos da categoria com visual e equipamentos de carros superiores. Afinal, há perfis de clientes que presam por bom nível de equipamentos e também pela economia dos motores 1.0.

Siga nossas redes sociais para ver muito mais

Fique por dentro das novidades.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.