IMG_1471

Marlos Ney Vidal (*)
De Aquiraz (CE)

Três anos depois de desembarcar no Brasil, a Peugeot atualiza o visual do 208 e o deixa páreo ao modelo europeu. Os retoques visuais são sutis e a grande vedete da linha 2017 do hatch é novo propulsor 1.2 PureTech de três cilindros que passa a deter título de motor mais econômico do Brasil. Para os fãs de modelos esportivos, a linha ganhou a versão GT equipada com motor 1.6 THP. Os preços da gama 2016 foram mantidos no 208 renovado.

IMG_1473
Versão Allure 1.2 PureTech tem preço inicial de R$ 54.990

Com a chegada da linha 2017 a marca quer desapegar da má fama de seu pós-venda. Para isto, fez questão de apresentar números para tentar desmitificar o “ouvi dizer” das ruas. Segundo os executivos do fabricante francês, a média de desvalorização do 208 está no patamar de seus concorrentes diretos. De acordo com dados apresentados pela marca, baseados em estudos da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a desvalorização do 208 ano 2012 é de 31%, o que o deixa em paridade com Hyundai HB20, Fiat Punto, Chevrolet Onix, Ford Fiesta entre outros modelos. Além do quesito desvalorização, outro ponto que a marca quer mostrar é que seus modelos não têm revisão cara. O 208 tem revisões a preço fixo.

IMG_1474
Motor 1.2 PureTech é o mais econômico do Brasil

Para atrair os consumidores, a Peugeot já realiza uma série se ações.  Fazem parte delas, ter uma rede de colaboradores de venda e pós-venda bem treinada, revisões a preços fixo e aumento de test drives para conquistar mais clientes. Para isso, mais unidades de teste serão enviadas para os concessionários.

O que mudou

Na dianteira os faróis contam com uma nova guia de luz em LED, apliques cromados próximos às lâmpadas e faróis de máscara negra. Mudou também o para-choques que ganhou nova grade e área inferior que integra uma moldura diferenciada para as luzes de neblina.

Na lateral, o 208 reestilizado conta com novas rodas de liga leve de aros 15, 16 e 17 polegadas com tratamento bicolor e diamantadas – com exceção da configuração inicial.

Já na traseira as lanternas mantiveram o mesmo desenho e ganharam as três “garras” em LED garantem um efeito tridimensional.

Andando

Neste primeiro contato andamos nas ruas com a versão Allure 1.2 e demos algumas voltas na pista com a opção GT. Chama atenção o baixo ruído de funcionamento do motor de três cilindros PureTech. O propulsor tem como destaque a suavidade e a boa faixa de torque já disponível em baixas rotações. Os ajustes no câmbio fizeram bem ao hatch e os engates são macios e precisos. No pouco contato com a versão GT, ficou claro que o 208 tem armas de sobra para brigar com seus concorrentes diretos. Na pista as curvas foram feitas no limite e nas retas o motor 1.6 THP mostra todo o seu vigor.

IMG_1512
Versão Sport conta somente adereços que remetem a esportividade
O que é de série em cada versão:

208 Active 1.2 Flex
A opção de entrada vem de série com faróis e lanternas de neblina; retrovisores externos com luz de seta integrada; rodas de aço aro 15 e pneus verdes; lanternas traseiras com guia de luz em LED e máscara negra; direção elétrica progressiva; chave canivete; ar-condicionado; vidros, travas e retrovisores elétricos; limpador de vidro traseiro com acionamento automático em marcha à ré; luzes de emergência para frenagem brusca; cintos de três pontos e encostos de cabeça para os cinco passageiros; e central multimídia com tela tátil de 7 polegadas, Bluetooth, USB e espelhamento via Apple CarPlay e MirrorLink.

208 Active Pack 1.2 Flex
Nessa opção além dos itens da opção Active são agregados rodas em liga leve aro 15; volante revestido em couro; quatro airbags no total (frontais e laterais) e ar-condicionado digital de duas zonas.

208 Allure 1.2 Flex
Todos itens da Active Pack e acrescenta contorno dos faróis de neblina e teto com cromo; teto solar panorâmico; sensor de estacionamento traseiro; e piloto automático com limitador de velocidade.

208 Sport 1.6 Flex
A versão de visual esportivo conta com navegador GPS; moldura preta nos faróis de neblina; rodas em liga leve de 15 polegadas em preto piano; grade estilizada em preto e vermelho e contorno em preto piano; spoiler traseiro; ponteira de escapamento cromada; volante com couro microperfurado e com vermelha e pedais revestidos em alumínio.

208 Allure 1.6 Flex A/T
Esta opção tem todos os equipamentos da Allure 1.2 e vem equipada com motor 1.6 e câmbio automático de quatro velocidades como opção de troca manual por aletas atrás do volante. Ela ainda tem escape com ponteira cromada.

208 Griffe 1.6 Flex A/T
Agrega a Allure vidros com moldura em preto brilhante e frisos cromados na base; rodas de liga leve diamantadas; maçanetas e saídas de ar com bordas cromadas; seis airbags no total (frontais, laterais e de cortina); acionamento automático de faróis e limpador de para-brisa; sensores de estacionamento dianteiros; câmera de ré; navegador GPS; apoio de braço no console central e banco traseiro bipartido.

208 GT 1.6 THP
Vem de série com freios a disco nas quatro rodas; controle eletrônico de estabilidade com assistente de partida em rampas; faróis com máscara negra e luz diurna em LED; faróis de neblina dinâmicos (intensidade das luzes varia conforme a curva); rodas em liga leve diamantadas aro 17 com pneus esportivos; quadro de instrumentos com LED vermelho e painel com faixa sensível ao toque.

IMG_1534
Motor 1.6 THP é exclusivo para a versão esportiva GT
Motores

São três opções de motores disponíveis. O de menor cilindrada é o 1.2 Pure Tech de três cilindros rende 84cv de potência e torque de 12,24kgfm com gasolina no tanque, já com etanol a potência é de 90cv e torque de 12,95kgfm. Essa opção conta somente com câmbio manual de cinco velocidades. A segunda opção é o 1.6 16V que rende potência de 115cv e torque de 15,51kgfm com gasolina, com etanol a potência é de 122cv e o torque é 16,42kgfm. Já a opção com propulsor 1.6 pode ser equipada com câmbio manual de cinco velocidades e o automático de quatro marchas. A opção topo de linha é o 1.6 16V THP. O propulsor turbo rende 166cv de potência com gasolina e 173cv com etanol. O torque para ambos os combustíveis é de 24,48kgfm. O câmbio manual de seis marchas.

Veja abaixo os preços da linha 2017 do hatch:
  • 208 Active 1.2 Manual – R$ 48.190
  • 208 Active 1.2 Manual Pack – R$ 51.690
  • 208 Allure 1.2 Manual – R$ 54.990
  • 208 Allure 1.6 Automático – R$ 59.090
  • 208 Sport 1.6 – R$ 60.890
  • 208 Griffe 1.6 Automático – R$ 64.590
  • 208 GT 1.6 THP – R$ 78.990
IMG_1502
Versão GT tem rodas de liga leve de 17 polegadas
VERSÕES

A linha 2017 do 208 será comercializada em seis versões de acabamento (Active, Active Pack, Allure, Sport, Griffe e GT), três opções de motores 1.2 12V, 1.6 16V e 1.6 16v THP. Já os câmbios são o automático de quatro velocidades e os manuais de cinco e seis marchas.

GARANTIA

 O hatch conta com três anos de garantia total Peugeot Assistance. O serviço de assistência está disponível gratuitamente em todo o país 24 horas por dia.  As revisões têm preço fixo válidos para toda a rede nacional. A mão de obra já está inclusa e o cliente vai pagar o mesmo valor pelo serviço em qualquer revenda do Brasil.

CORES

A linha 2017 do 208 é comercializada nas cores: branco blanquise (sólida), vermelho aden (sólida), preto perla pera (metálica), cinza aluminium (metálica), azul bourrasque (metálica), branco nacré (perolizada) e dark darmin (metálica).

[photomosaic]

(*) Jornalista viajou a convite da Peugeot do Brasil

Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos