fiat_mobi_drive_fireflyFim do mistério: o Mobi Drive, equipado com o novo motor 1.0 Firefly, tem preço sugerido de R$ 39.870. Por enquanto, ele é oferecido apenas com transmissão manual de cinco marchas, mas o câmbio automatizado Dualogic será disponibilizado nos próximos meses.

Com o novo propulsor, o Mobi passa a dispor de 77 cv de potência com etanol e 72 cv com gasolina, além de 10,9 kgfm de torque com o combustível vegetal e 10,4 kgfm com o derivado do petróleo. O motor Firefly tem três cilindros, seis válvulas e sistema de partida a frio sem tanquinho. Assim como havia ocorrido com o Uno, o motor Firefly veio acompanhado de direção elétrica com função City, que torna o volante mais leve em manobras.

fiat_mobi_driveCom a chegada da versão Drive, o número de versões do hatch salta para sete. As demais configurações – Easy, Easy On, Like, Like On, Way e Way On – continuam sendo equipadas com o motor 1.0 Fire, que acabou de ser atualizado, como Autos Segredos já havia antecipado.

Entre os equipamentos de série, há ar-condicionado, chave canivete com telecomando, vidros elétricos nas portas dianteiras com função one-touch e antiesmagamento, trava elétrica nas quatro portas, limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro, abertura interna da tampa do tanque de combustível e do porta-malas, volante com regulagem de altura, cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura, banco traseiro bipartido, cargo box, lane change, ESS, sinalização de frenagem de emergência, e pneus “superverdes”, com alta durabilidade e maior aderência.

A Fiat oferece dois pacotes opcionais: um deles, chamado de Rádio Connect, inclui sistema de som com Bluethoot e entradas USB e auxiliar, retrovisores elétricos com Tilt Down e luz de seta integrada, volante multifuncional e rodas de liga leve 14 polegadas, por R$ 4.500. O outro kit, batizado de Live On, traz faróis de neblina, alarme com telecomando, sensores de estacionamento traseiro e interior com console de teto e espelho auxiliar, por R$ 4.650.