Depois de a BMW antecipar fotos do novo Série 1, a Mini revelou com antecedência seu Cooper Coupé, que será lançado no Salão do Automóvel de Frankfurt, a partir do dia 15 de setembro. Porém, a capota e a parte traseira da carroceria, que foram alteradas em relação às demais versões, estavam encobertas com camuflagem, para manter algum suspense.

Apesar do disfarce, é possível notar as linhas gerais do carro, que parecem ter ficado bem mais esportivas. Um detalhe interessante é o aerofólio traseiro escamoteável, famoso por equipar modelos da linha Porsche. Além de charmosa, a peça tem importante função aerodinâmica.

O Coupé manterá as dimensões externas reduzidas, uma das características mais marcantes dos veículos Mini. Ele dispõe de 3,72 metros de comprimento e 2,46 m de distância entre-eixos, segundo o fabricante. Sob o capô, será disponibilizado um motor 1.6, que na configuração básica rende 122 cv e 16,3 mkgf. Com turbo, os números saltam para 184 cv e 24,4 mkgf. A versão esportiva John Cooper Works terá 211 cv e 26,5 mkgf, sendo que o torque pode chegar a 28,5 mkgf com a função “Overboost” ativada.

Na Europa, será disponibilizado ainda um propulsor 2.0 movido à diesel, com 143 cv e 31,1 mkgf. O câmbio pode ser automático ou manual, ambos de seis velocidades. Ainda não há informações oficiais sobre o desembarque no Brasil, mas a Mini adota a política de trazer uma linha variada de produtos, o que indica que há grandes chances de o Coupé chegar ao país.

Fotos | Mini/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter