A família Fit acaba de ganhar mais um integrante no Japão: O Shuttle, uma versão espichada do compacto. A novidade tem 4,41 metros de comprimento, diferença de 51 cm em relação ao modelo convencional. À primeira vista, pode parecer que existem bancos extras na parte traseira, mas é só impressão. O veículo carrega apenas cinco ocupantes mesmo.

A diferença em relação ao hatch aparece sobretudo no enorme porta-malas, capaz de acomodar 590 litros de bagagem, na versão a gasolina, que tem propulsor 1.5 i-VTEC de 120 cv, bem conhecido pelos brasileiros. Se o modelo for equipado com sistema híbrido, que conjuga um bloco 1.3 a combustão de 88 cv a um motor elétrico de 14 cv, o volume do compartimento cai para 517 litros.

Assim como no Fit convencional, o interior é bastante versátil. Um dos diferenciais do Shuttle é a possibilidade de girar os bancos dianteiros. Entre os itens de conforto, há sistema multimídia com acesso à internet, conexão para celular e navegador.  Há opção por câmbio automático CVT e tração integral.

Fotos | Honda/divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter