Ford-Fiesta-Sedan-Titanium-Plus-01

Só os mais atentos percebem que há algo diferente no Fiesta Sedan prata exposto no estande da Ford no Salão do Automóvel de São Paulo. É um exemplar da versão Titanium Plus, que teve seu lançamento confirmado para o início do ano que vem. Há equipamentos sofisticados para um compacto, como teto solar elétrico,  sistema SYNC com navegador, câmera de ré e até iluminação interna configurável em sete cores, à moda do Fusion. A questão é que o preço ficará acima dos R$ 64.590 sugeridos para o Titanium hoje, quando com câmbio Powershift.

Ford-Fiesta-Sedan-Titanium-Plus-02

Não será de se estranhar que versão termine custando mais que muitos catálogos do Focus. A central multimídia que surge no topo do painel tem tela sensível ao toque de 6,5 polegadas e se destaca por ter GPS e exibir imagens da câmera de ré, mas tem tudo que os outros Sync têm: comandos de voz para as funções de telefone, som, climatização e navegação, CD/MP3-player, conexão Bluetooth, entrada para iPod, e USB. Há ainda apoio de braço no console central. Só que central multimídia se tornou algo banal demais para estar apenas na versão mais cara.

Ford-Fiesta-Sedan-Titanium-Plus-03

Outros equipamentos são ar condicionado automático, bancos e volante de couro, rodas de 16 polegadas, controle de velocidade, faróis e limpador de para-brisa automáticos, retrovisor interno fotocrômico e vidros com abertura e fechamento a distância, além de controle de estabilidade, sete airbags e sistema Isofix de fixação de cadeiras infantis.

O motor é o 1.6 16v Sigma Ti-VCT de 125cv com gasolina e 130cv com álcool e que pode ser associado a câmbio manual ou automatizado com seis marchas e dupla embreagem. Os preços devem superar os R$ 64.590 sugeridos para o Titanium Powershift.

Fotos | Ford/Divulgação