A Ford lançou a linha 2011 da Ranger Sport. As novidades resumem-se a faróis com máscara negra, lanternas escurecidas, aplicação de pintura na grade e no pára-choque dianteiro e rodas em tom grafite. No interior, a única mudança é a cor prata na moldura central do painel.

O motor é o já conhecido Duratec 2.3, que tem cabeçote, bloco e cárter de alumínio, comando de válvulas acionado por corrente e é capaz de gerar 150 cv de potência e 22,1 kgfm de torque. Contudo, não foi dessa vez que o propulsor virou flex: o veículo continua aceitando somente gasolina.

A versão custa R$55.990, e traz de série direção hidráulica, ar condicionado, vidros e travas elétricos, sistema de som My Connection e faróis de neblina, entre outros itens. A ressalva vai para ausência de airbags e freios ABS. Ao oferecer a Ranger em uma faixa de preço pouco acima das picapes compactas, a Ford espera manter sua parcela do mercado até 2012, quando deverá chegar ao Brasil uma geração totalmente nova, que foi revelada em outubro, no último Salão do Automóvel da Austrália.

Fotos | Ford/Divulgação

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter

Compra coletiva de carros, produtos e serviços automotivos? Acesse: