Com 32 anos de carreira, pela primeira a Volkswagen Saveiro passa a ser oferecida com cabine dupla, isso oficialmente… Ela se espelha no sucesso da Strada, que desde 2009 experimenta o sucesso de um banco traseiro. Hoje a Strada Cabine Dupla responde por 50% das vendas da picape, que é lider entre os comerciais leves.

CreditoPedro Dantas/Volkswagen/Divulgacao - Nova Saveiro Highline cabine duplaA diferença é que a Saveiro não tem portas extras; o acesso ao banco traseiro é feito como no Gol 2p, puxando os bancos da frente. Pelo menos ali atrás há espaço para três, todos com encosto de cabeça e cintos de segurança, enquanto a Strada leva dois.

Para não deixar todo mundo espremido e confinado, o foi posicionado 10cm acima do dianteiro, fazendo os passageiros se sentarem em posição mais vertical, e o teto elevado em 4,2cm ajuda a acomodar a galera. Do lado de fora, as barras longitudinais disfarçam o teto mais alto.

Credito: Pedro Dantas/Volkswagen/Divulgacao - Nova Saveiro Cross cabine duplaO vidro traseiro da Saveiro não tem abertura, e por isso até deu para colocar desembaçador. Os vidros laterais são basculantes, o que ajuda a arejar a cabine quando com o ar-condicionado desligado. E quem senta ali atrás tem a disposição uma tomada 12v e dois porta-copos.

A caçamba, por sua vez, tem 1,1m de comprimento, contra os 1,65m da cabine simples e dos 1,33m da estendida. O volume é de 580L, contra os 924L da simples e os 734L da estendida. A capacidade de carga varia entre 667kg na e 607kg de acordo com a versão, enquanto as demais carrocerias aguentam 700kg.

Credito: Pedro Dantas/Volkswagen/Divulgacao - Nova Saveiro Cross cabine duplaAs duas versões mais em conta ficam com o antigo motor 1.6 8v que gera 104cv a 5.200rpm e 15,6kgfm de torque a 2.500rpm com etanol e sempre com câmbio manual de cinco velocidades. Cada uma delas tem sua utilidade:

– Quem procurar a picape para o trabalho certamente apostará na versão Trendline, também oferecida nas outras duas carrocerias. Tem o básico: airbags, freios a disco nas quatro rodas com ABS com EBD, direção hidráulica, rack no teto, para-choques pintados, rodas aro 14″ com calotas, brake-light com iluminação da caçamba e banco do motorista com regulagem em altura. Custa a partir de R$ 47.490.

– Já quem pensar em substituir um Voyage por uma picape, usando a Saveiro CD como carro de passeio, estreia a versão Highline. De série, tem tudo o que se espera de um carro para o dia-a-dia: ar-condicionado, faróis e lanternas de neblina, rodas de aço aro 15″, sensor de ré com exibição no sistema de som – com Bluetooth – volante multifuncional, retrovisores elétricos e I-System, o computador de bordo da VW. Parte de R$ 52.720.

A Saveiro Cross Cabine Dupla tem o novo motor 1.6 16v MSI como exclusividade. Ele gera 120cv a 5750rpm e 16,8kgfm de torque a 4000rpm e também está casado ao câmbio manual de cinco marchas.

A Cross carrega uma série de equipamentos de segurança ativa exclusivos, como controles eletrônicos de estabilidade e tração, freio ABS off-road com Brake Assiste – que controla a atuação do freio entre os eixos -, bloqueio eletrônico do diferencial, que identifica situações de perda de tração e envia a força para a roda com mais aderência automaticamente; e assistência de partida em rampa. Todos eles estão presentes na Cross Cabine Estendida desde o lançamento da linha 2015.

CreditoPedro Dantas/Volkswagen/Divulgacao - Nova Saveiro Highline cabine duplaEm relação aos equipamentos da Saveiro Highline, a Cross acrescenta volante revestido em couro com regulagem em altura e profundidade, rodas de liga leve aro 15″, capota marítima, santoantônio e ganchos deslizantes na caçamba. Mas custa a partir de R$ 59.990.

[photomosaic]
Fotos | Volkswagen/Divulgação