NOVA RANGER 2017Além do visual renovado, o que chama a atenção na linha 2017 da Ranger é o expressivo aumento de preços em todas as versões. A opção de entrada 2.5 Flex XLS que na linha 2016 custava R$ 91.900 passou para R$ 99.500 na linha 2017. A topo de linha 3.2 Diesel Limited passou de R$ 163.990 para R$ 179.900.

NOVA RANGER 2017_2Confira abaixo os preços e versões da linha 2017:

  • Ranger 2.5 Flex XLS 4×2 5M/T – R$ 99.500 (R$ 91.900)*
  • Ranger 2.5 Flex XLT 4×2 5M/T – R$ 109.500 (R$ 101.900)*
  • Ranger 2.5 Flex Limited 4×2 5M/T – R$ 118.500 (R$ 117.500)*
  • Ranger 2.2 Diesel XLS 6M/T – R$ 129.900 (R$ 126.990­)*
  • Ranger 2.2 Diesel XLS  6A/T – R$ 142.900
  • Ranger 3.2 Diesel XLT 6A/T – R$ 166.900 (R$ 153.990)*
  • Ranger 3.2 Diesel Limited 6A/T – R$ 179.900 (R$ 163.990)*

* Preços da linha 2016

“A Nova Ranger é um divisor de águas, um produto evoluído e completo”, diz Guy Rodriguez, diretor de Marketing, Vendas e Serviços. “Ela foi desenvolvida para ser a picape média mais forte, robusta, capaz e confiável do segmento, com os atributos que o consumidor quer em termos de segurança, dirigibilidade, conforto e tecnologia.”

Na linha 2017 a picape passa a contar com cinco anos de garantia. As revisões serão anuais com preço fixo.

Todas as versões da Nova Ranger vêm de série com sete airbags, rodas de liga leve, faróis de neblina, computador de bordo, piloto automático, sistema Isofix para cadeiras infantis e sistema Advance Trac – com controle eletrônico de estabilidade, controle eletrônico de tração, assistente de partida em rampa, controle eletrônico anticapotamento, controle adaptativo de carga e assistência de frenagem de emergência.

A picape ganhou na linha 2017 direção elétrica e as versões diesel trazem controle automático de descida, diferencial traseiro blocante, protetor de cárter e protetor do tanque de combustível.

 Ranger2017-InteriorVisualmente a opção XLT tem estribos laterais, santantônio tubular e vários itens cromados – grade do radiador, grade do para-lama, faróis, capas dos retrovisores, maçanetas e para-choque traseiro. Acrescenta também ar-condicionado automático e digital com controle individual para o motorista e passageiro, bancos e volante revestidos em couro, sensor de estacionamento traseiro, monitoramento de pressão dos pneus e chave programável MyKey.

Já a topo de linha Limited conta com piloto automático adaptativo, alerta de colisão, sistema de permanência em faixa, farol alto automático e sistema de personalização da luz ambiente em sete cores, além de santantônio com desenho exclusivo, rodas aro 18, bagageiro de teto, protetor de caçamba e capota marítima.

A picape ainda vem de série com sistema de conectividade SYNC, com CD/MP3-player, entrada USB/iPod, Bluetooth, comandos de voz para áudio e telefone, comandos de áudio no volante e Assistência de Emergência, que faz uma ligação automática para o SAMU, através de um celular pareado, em caso de acidente com acionamento dos airbags ou corte de combustível.

Na versão XLS a tela é de 4,2 polegadas  na XLT e Limited a tela tem 8 polegadas, que incluem também navegação e duas telas de 4 polegadas no painel de instrumentos que podem ser configuradas pelo motorista.

MOTORES

O motor Duratorq 3.2 TDCi rende 200 cv e 47,9kgfm de torque. O Duratorq 2.2 TDCi aumentou a potência de 150cv para 160 cv e o ganho de torque foi 1kgfm ficando com 38,7kgfm. O Duratec 2.5 Flex, de 173/168 cv, traz sistema eletrônico de partida Ford Easy Start, que dispensa o tanquinho auxiliar de gasolina. O flex tem torque de 24,7kgfm.

Todas as versões diesel vêm com tração 4×4 nas opções normal (High) e reduzida (Low), diferencial traseiro blocante, que aumenta a capacidade de vencer obstáculos.

 Visualmente a novidade da picape se concgrade dianteira trapezoidal  e o capô esculpido com novos vincos e faróis com projetores.

 Fotos | Ford/Divulgação