Parece que os jipes nacionais estão aderindo à onda verde que toma conta da indústria automobilística em outros países. Depois da TAC, que sinalizou com a possibilidade de lançar o eStark (veja aqui), é a vez da Agrale mostrar a versão elétrica do Marruá, batizada de AM 50, durante a conferência Rio+20. Equipado com duas baterias de sódio recarregáveis, o modelo tem autonomia de aproximadamente 100 quilômetros.

O Marruá AM 50 mantém a tração 4×4 das versões movidas a diesel, mas potência e torque foram reduzidos para  54 cv e 13,3 kgfm. O jipe tem baixo índice de ruído e não emite quaisquer quantidades de CO2 ou material particulado, o que o torna apto a desempenhar atividades de caráter ambiental, sem interferir em ecossistemas.

A Agrale destaca que o sódio, utilizado nas baterias do Marruá elétrico,é abundante no planeta. Os componentes são recicláveis, apropriados para o clima tropical e três vezes mais leves que os de chumbo-ácido convencionais.

Foto |  Divulgação
Fonte | Automotive Business

Acompanhe também o Auto Segredos pelo Twitter