Design renovado, boa oferta de itens de conforto e preço atraente são os predicados para o modelo brigar pela quarta colocação no segmento dos sedãs médios

novosentra2014apPedro Lopes
Especial para o Autos Segredos

Ao avaliar o Nissan Sentra 2014, impossível não vir à cabeça o tema de seu antigo reclame: “não tem cara de tiozão”. Claro que esse apelo nunca colou. Se o modelo antigo não tinha linhas tradicionais, tampouco entregava a principal característica que um sedã médio deve ter para se dar bem no nosso mercado: dar status a seu proprietário. Engraçado que, no mercado americano, este segmento é focado nas classes menos abastadas, modelo de entrada mesmo. Mas por aqui este tipo de carro é motivo de orgulho para quarentões e cinquentões relativamente bem sucedidos, chegando a agregar um efeito ativo capaz de aliviar até mesmo os sintomas de uma crise de meia-idade.

novosentra2014wToda essa firula para situar sob qual ótica o novo Sentra será analisado. Testamos a versão SL, a mais completa, vendida por R$ 71.990. Esteticamente as linhas da sétima geração do sedã agradam. Os volumes da carroceria e as rodas de 17 polegadas deram um porte mais avantajado ao modelo, enquanto os cromados e o conjunto óptico em LED o deixaram mais refinado. Por incrível que pareça, o ponto forte do design deste sedã é a traseira, alta e com grandes lanternas, que sugere força, enquanto a dianteira, com perfil em arco, é mais aerodinâmica.

novosentra2014cRODANDO O motor 2.0 de quatro cilindros é flex e mantém o mesmo desempenho abastecido com gasolina ou etanol: 140cv de potência e 20kgfm de torque. O sistema de partida a frio, necessário para ligar o veículo nos dias frios, dispensa o uso do tanquinho. Já o câmbio Xtronic CVT tem duas opções de tocada, com ou sem over drive, além da tradicional posição L, que ajuda os freios a segurarem o veículo em longos trechos de descida. Para completar o conjunto mecânico, a suspensão ganhou a configuração “arroz com feijão” de McPherson com barra estabilizadora na dianteira e eixo de torção com barra estabilizadora atrás.

Como carro foi feito para rodar, vamos às impressões ao volante. Equipado com sistema de chave presencial, basta que ela esteja no bolso para adentrar o sedã e dar a partida apertando o botão. Se o sistema é prático no uso cotidiano, é bom ficar ligado para não esquecê-lo no bolso ao deixar o veículo num estacionamento ou ao passá-lo para outra pessoa. A “conversa” entre o motor e câmbio é afinada. No uso urbano sobra fôlego ao sedã, mesmo com a atuação suave do câmbio CVT. Na estrada, em ultrapassagens e retomadas, a resposta do câmbio é boa, mas demanda um pouco mais de espaço em relação a um veículo automático com um câmbio mais afiado.

Mas isto não é defeito, mas uma característica deste câmbio CVT, que prima pela suavidade. A suspensão está muito bem acertada, oferecendo conforto e boa estabilidade. Para o que se propõe, o novo Sentra mostra um desempenho muito satisfatório. É por isto que o veículo não precisa ser penalizado pela ausência de trocas manuais, presente em alguns CVTs mais sofisticados. Vale destacar a atuação da direção elétrica com assistência variável, que mantém o peso certo em todo tipo de situação. O over drive, opção do câmbio CVT que mantém os giros mais baixos, não surtiu o efeito esperado quanto à redução do consumo: média de 10km/l em circuito misto usando gasolina. A nota negativa é o forte ruído do motor, bem acima da média.

 

novosentra2014nDENTRO O interior também ganhou, e muito, em sofisticação. Painel central, coluna, console e laterais de porta foram lapidados de forma que a ligação entre cada elemento ganhasse contornos naturais. Muito diferente do modelo antigo cujo painel era muito pobre e parecia ser montado com grandes blocos quadrados. O acabamento, a montagem e os materiais usados são de boa qualidade e enriqueceram o interior. Todas as versões têm o volante revestido em couro, mas apenas a SL usa esse material nos bancos.

A ergonomia é um ponto forte, principalmente para o motorista, que, além de todos os instrumentos ao alcance, encontra neste modelo banco com regulagem (manual) de altura e o volante igualmente regulável em altura e profundidade. O espaço interno é um dos destaques deste modelo. Com 2,70 metros de entre-eixos, um dos melhores do segmento, sobra espaço nos bancos da frente e atrás. Só o passageiro do meio é que fica um pouco prejudicado pelo túnel central que passa sob seus pés. O porta-malas é gigante. Parece que tem mais volume que os 503 litros declarados pela Nissan. Mesmo com a dobradiça, que toma algum espaço quando o porta-malas é fechado, é possível colocar muita bagagem ali.

novosentra2014qSEGURANÇA O pacote de segurança é quase completo: airbags frontais, laterais e de cortina, freios ABS com distribuição eletrônica da força de frenagem (EBD), sistema Isofix para fixação de cadeiras infantis, além de cinto de segurança de três pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes. Ainda que facilite muito a vida do motorista na manobras, a câmera de ré também pode ser considerada um item de segurança, impedindo o atropelamento de crianças ou pessoas de baixa estatura. Para ser perfeito seria legal ver neste pacote controles eletrônicos de tração e estabilidade.

BRIGA DE FOICE A lista de concorrentes do Sentra é gigante. Os dois modelos que lideram o segmento são o Honda Civic (27,05%) e o Toyota Corolla (23,69%), responsável por metade desse bolo. Depois vem o Chevrolet Cruze (12,39%) e depois o Volkswagen Jetta (6,71%). O desejo da Nissan é ocupar esta quarta colocação. A estratégia para este embate continua sendo o custo-benefício. A boa oferta de itens de conforto, combinada a um preço atraente, será a arma da Nissan para levar seu sedã médio à quarta colocação do segmento.

novosentra2014g

O Sentra 2014, em sua versão topo de linha, tem de série: teto solar, tela de 4.3 polegadas que agrega todo o sistema multimídia (telefonia, Bluetooth, CD player, rádio, MP3 e USB), sistema de navegação (GPS), ar-condicionado digital com duas zonas, retrovisores dobráveis eletricamente, acendimento automático dos faróis e sensor de estacionamento traseiro. Repare que, mesmo tendo os principais itens que equipam as versões de topo do Civic e do Corolla,  o Sentra SL é mais barata que suas versões intermediárias.

novosentra2014s

AVALIAÇÃO Pedro Marlos
Desempenho (acelerações e retomadas) 7 8
Consumo (cidade e estrada) 6 7
Estabilidade 8 6
Freios 9 9
Posição de dirigir/ergonomia 9 8
Espaço interno 9 9
Porta-malas (espaço, acessibilidade e versatilidade) 8 7
Acabamento 8 9
Itens de segurança (de série e opcionais) 8 8
Itens de conveniência (de série e opcionais) 8 8
Conjunto mecânico (acerto de motor, câmbio, suspensão e direção) 8 9
Relação custo/benefício 8 8

novosentra2014a

FICHA TÉCNICA
» MOTOR
Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 1.997cm³ de cilindrada, 16 válvulas, que desenvolve potência máxima de 140cv (gasolina/etanol) a 5.100rpm e torque máximo de 20kgfm (gasolina/etanol) a 4.800rpm

» TRANSMISSÃO
Tração dianteira e câmbio automático Xtronic CVT

» SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
Dianteira, independente, tipo McPherson e barra estabilizadora; e traseira com eixo de torção e barra estabilizadora integrada / 6,5 x 16 polegadas de liga leve/ 205/55 R16

» DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica variável

» FREIOS
Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS e EBD

» CAPACIDADES
Do tanque, 52 litros; e de carga (ocupantes e bagagem), 437 quilos


Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos