Jeep Compass 2.0 Flex terá tração 4×4 e câmbio automático de nove velocidades

O Jeep Compass 2.0 Flex ganhará versões equipadas com tração 4×4. Junto com o sistema de tração nas quatro rodas, o SUV ganhará o câmbio automático de nove velocidades. A chegada está prevista para o segundo semestre 2017. Alguns protótipos rodam em testes em Pernambuco e Minas Gerais.

Tração

O sistema de tração será o mesmo usado pelas versões Diesel. O sistema 4×4 Jeep Active Drive Low, possibilita ao motorista 20 vezes quando o Compass estiver com marcha reduzida engatada. O sistema desacopla automaticamente o eixo traseiro, deixando o carro um 4×2, visando mais eficiência e uma melhor economia de combustível.

Com Selec-terrain o Jeep Compass 2.0 Flex terá quatro tipos de tração: “Automática, Neve, Areia, Terra”.

Motor

O Jeep Compass 2.0 Flex é equipado com o motor 2.0 Tigershark Flex rende potência de 159cv e torque de 19,9kgfm quando abastecido com gasolina e 166cv de potência e torque de 20,5kgfm com etanol no tanque. Com a nova opção de tração 4×4, o SUV será equipado com a transmissão automática de nove velocidades.

Jeep Compass 2.0 Flex 4×2

As versões equipadas com tração 4×2 manterão o câmbio automático de seis velocidades.

Fotos | Marlos Ney Vidal/Autos Segredos (Imagem meramente ilustrativa)

  • luis_ten

    O consumo será de 5 km/l.

    • Wally

      O consumo “real” dos sedãs automaticos aspirados na cidade, não está muito longe disso não..

      Meu Sentra cvt faz 6,6km/l na cidade. Meu Tiida AT4 não-flex fazia 7km/l redondos. Lembro que meu ex-Palio G2 1.0 8v 65cv fazia 10 km/l redondos.. Sempre gasolina..

      Agora imagina um motor 2.0, um carro de 1570 kg e um cambio automatico + tração 4×4 (que vai elevar o peso para mais de 1600kg). Normal.

      • Caio Cartaxo

        Cara meu Corolla 2.0 AT4 faz 9km/l na cidade kkkk, nao generalize

        • Whering Alberto

          Meu Fit 1.4 automático faz 8.5 na cidade, em média. Para a cilindrada, é bem pouco.

          • Wally

            Aí, isso é um consumo real..

            1.0 8v – 10 ; 1.4 AT – 8,4 ; 1.8 AT – 7 ; 2.0 AT – 6,6 ; Compass 2.0 AT 4×4 – 5.

            Hehehe.

          • Whering Alberto

            É…quando o trânsito na cidade colabora (beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeem muito), eu ainda consigo 9 km/l. Mas, em média, faço 8,5 mesmo. Os sites e as revistas especializados marcam 12 km/l. Só esqueceram de passar a receita.

          • Caio Cartaxo

            Eu fico na faixa dos 8 8,5 se pisar, andando de boa nao baixa de 9, é surpreendente kkk

          • Whering Alberto

            Eu já tava achando que era defeito do meu…kkkkkkkkkkkk

          • Fã de Carros!

            Meu Golf Highline 1.4 TSI faz 13,5 km/l na cidade.

          • Wally

            Vamos lá..

            Meu sentra CVT no Inmetro faz 10,0 km/l na cidade.. Minha realidade 6,6 km/l.

            Seu golf TSi 1.4 no Inmetro faz 11,3 km/l na cidade.. Sua realidade…….

          • Fã de Carros!

            Não tenho porque mentir, amigo. Olha aí o último tanque:
            Tanque de 50 litros…rodei 687 km desde que abasteci, e ainda tinha 55 km de autonomia. Velocidade média de 35 km/h (trânsito na cidade) e consumo medio de 14,3 km/l.

          • Fã de Carros!

            Não tenho porque mentir, amigo. Olha aí o último tanque:
            Tanque de 50 litros…rodei 687 km desde que abasteci, e ainda tinha 55 km de autonomia. Velocidade média de 35 km/h (trânsito na cidade) e consumo medio de 14,3 km/l.

            https://uploads.disquscdn.com/images/870a808b26b557057e555b5f0ef503b9776626c3c8d2a86393aa9af3849a57c5.jpg

          • Comentarista

            Pra vc fazer velocidade média de 35 km/h como mostrado, seu percurso nem é considerado pesado. Deve morar em BSB e pegar aquelas “ruas” belas sem declives, trânsito fluindo e sem anda e para. Quero ver é morar em São Paulo, ficar mais parado que andando, fazendo velocidade média de menos de 10 km/h.
            Discutir consumo é ridículo. Cada cidade tem suas características, cada condutor dirige de um jeito.

          • Cesar

            Eu não sei se rio ou choro. Esse povo que fala que não tem trânsito em Brasília, não deve nem saber onde fica Brasília. Experimenta dirigir aqui ente 6 horas da manhã e as nove ou entre as 5 da tarde e a oito da noite. Aí tu me diz que não tem trânsito.

          • Comentarista

            Só já morei aí durante 2 anos. Morei em SP, morei em BH. Sei o que falo.

          • Cesar

            Sabe não. Foi-se o tempo que o transito aqui era tranquilo.

          • Lauro Agrizzi

            Trânsito pesado em Brasilia é igual trânsito leve de Domingo em Belo Horizonte, fora os morros.

          • Comentarista

            Complementando. Velocidade média de 35 km/h não ocorre nem com 1 metro de congestionament.

          • youtube youtube

            Tá falando da geografia e do relevo .

          • Roberto Souza

            Essa velocidade média do Golf é furada. Não sei de onde o computador de bordo do carro tira essa informação. Normalmente, se anda mais rápido que isso.

          • Wally

            Quem disse que voce mentiu ??

          • Roberto Souza

            Se der, tira um foto com o consumo de longo prazo.

          • Roberto Souza
          • Lauro Agrizzi

            Putz. Manda consertar o computador de bordo então amigo,.Deve ter sido instalado o software enganador da VW

          • Fã de Carros!

            Amigão, como eu consigo rodar 700 km com um tanque de 50 litros?

          • youtube youtube
          • Edson Fernandes

            36km/h é transito bom! Eu faço 14km/h de velocidade média no meu carro.

          • Roberto Souza

            O golf highline é um carro econômico, mas 13,5km/l na cidade só andando com o carro nas costas. Eu tenho um que nunca passou dos 12km/l na cidade, o que considero bom pra caramba, principalmente depois do relato da galera ai em cima.

          • Fã de Carros!

            O meu faz perto de 14km/l na cidade, Roberto. Carro extremamente econômico!

          • Comentarista

            Qual cidade? Duvido fazer com trânsito anda e para, percurso menor que 5 km por perna, velocidade média de 10 km/h.

          • Roberto Souza

            Tá muito bom.

          • Lauro Agrizzi

            O seu deve estar desregulado, manda limpar os bicos. O meu Faz 18 K m/l em Belo Horizonte. Se andar só nas descidas dos morros faz 20.O problema depois é subir. de alcool bem entendido.

          • Fã de Carros!

            O álcool você bebe?

          • Fã de Carros!

            O álcool você bebe, né?

          • Lauro Agrizzi

            E você usa o que para rebocá-lo?

          • Edson Fernandes

            Eu fazia no C3 na gasolina entre 12 a 14km/l mesmo com transito pesado. No Fluence faço entre 7 a 8,5.

            Pesado faz 7 sem dó… mas o C3 era bem economico e era 1.4…rs

          • Caio Cartaxo

            Caraca ele devia ta fazendo mais, nao é o cvt certo?

          • Whering Alberto

            Não. É o “New”, que tem o câmbio automático convencional.

        • leandro

          Mas Corolla é o carro “perfeito”…

          • Caio Cartaxo

            Um bom carro, perfeito ta longe kkk

          • Lauro Agrizzi

            Toyota é Toyota

          • youtube youtube

            RAM é RAM,VW é VW,manga é manga,banana é banana e Lauro Agrizzi é um fan boy boboca.

        • Wally

          Em condições ideais de temperatura e pressão. 🙂

          • Caio Cartaxo

            Bem se o calor de Joao Pessoa é temperatura perfeita kkkk, por ta no nivel do mar isso ajuda sim, pneus sempre calibrados tbm

          • Lauro Agrizzi

            Isso só acontece em João Pessoa,.

          • Lauro Agrizzi

            Isso dirigindo de forma agressiva. Se aliviar o pé faz 12.

        • Gabriel Ferreira

          “Meu faz 1000… Metros por litro” agora falando sério o Corolla aqui de casa, faz 6.5 km/l- 7 km/l isso sendo manual. Porque o motor 1.8 vvt-i da Toyota, tem a bela mania de apagar se não acelerar forte, na hora que está saindo. Pra completar na cidade que eu moro, as esquinas são sem visão ai a gente tem que parar​ de esquina em esquina. Agora na estrada ele é maravilhoso 8.5 km/l no etanol andando a 140-150 km/h.

        • Lauro Agrizzi

          Boa, agora contra outra piada.

        • Peter Bishop

          Sem engarrafamento

    • rcostaramos

      E quem compra compass liga pra consumo? rsss… Talvez! mas em tese é uma categoria em que se preza pelo conforto, tecnologia embarcada e segurança

      • Lauro Agrizzi

        Ai um cara compra um Compass 4×4 2.4 e o cara vem dizer que bebe muito. caraca. É o mesmo que perguntar o consumo de um Maverick V8. O cara anda no quando tem sol nos dias de Domingo e todo babaca vem perguntar qual o consumo. O dono esta bem preocupado com o consumo.
        Vai perguntar o consumo de Ferrari.sem noção.

    • Fagner Rafael.

      Eu nunca vi quem tem um carro desse porte reclamar de consumo. Talvez pq antes de ser moda os ” suvs” as pessoas que compravam prezavam por segurança e conforto.

      • Pedro Mello

        Pagar 117 mil temeres num carro e ficar reclamando de consumo é coisa de quem fez altos sacrifícios para exibir carro da moda.

        • Eduardo Gontijo

          a visao de voces é muito limitada, toda vez que leio esse tipo de comentário dizendo que quem compra um carro desses nao se preocupa com consumo penso em tres coisas:

          primeiro: ou o sujeito nao tem nem de perto dinheiro para comprar um SUV desses e faz esse tipo de comentário por pura inveja.

          segundo: ou é totalmente o oposto, o sujeito é um playboyzinho que sempre ganhou tudo de “mao beijada” na vida e nao sabe o que é dar valor ao dinheiro.

          terceiro: O sujeito que realmente nao se preocupa com o consumo quando compra esse tipo de carro é aquele que roda tao pouco, que tanto faz se o carro faz 5 ou 10 km/l.

          Moral da historia: aquele sujeito que trabalha, da valor ao seu dinheiro, sabe o quanto é difícil em um país como o Brasil adquirir um carro desses, manter o carro, além de manter sua casa/sua família e além de tudo isso, realmente usa o carro, vai se preocupar SIM com o consumo.

          • Fagner Rafael.

            Moral da história: Quem se preocupa com consumo compra carro 1.0 ou um carro médio que faça bom desempenho como um compacto. Cruze turbo é um exemplo.

            Se o fator determinante para a compra de um carro é consumo e eu tenho a informação de que o carro não é econômico não faz sentido compra lo e ficar reclamando. É uma questão de lógica.

            Só que pela sua lógica a pessoa pode comprar uma camionete e reclamar que as vagas são pequenas ou um sub compacto e reclamar que ele não tem espaço interno ou porta malas. Se eu preciso de um porta malas eu compro um carro com porta malas, se eu preciso economia compro um carro 1.0, se eu preciso ir para a fazenda compro uma camionete. Simples assim.

            Ninguém quer rasgar dinheiro, mas o segmento em questão ainda não tem um representante tão economico a ponto de ser referência, por isso quem pensa em economia ao comprar SUV está se iludindo.

          • Eduardo Gontijo

            Pelo visto amigo, você não entendeu nada (ou não quis entender). É lógico que um sujeito que compra um SUV não pensa que o carro terá o consumo de um 1.0. Dois pesos, duas medidas, mas nem por isso uma pessoa que compra um SUV nao se preocupa com consumo. O consumo não é o fator determinante na compra de um SUV, mas deve ser levado em consideração e “jogar na balança.”

          • Lauro Agrizzi

            Isso, você quer dizer que o fator economia é decisivo na compra de um SUV? ah, vai dormir.

          • Eduardo Gontijo

            Que piada, mais um que tirou zero na prova de interpretação de texto. Será que terei que soletrar?

          • invalid_pilot

            Nem perde tempo discutindo, esses ai certamente entram no primeiro caso: Comprar no carnê pra ostentar.

          • Eduardo Gontijo

            Voce tem razao, nao vale a pena perder tempo discutindo.

            Eu acho engraçado essa turma, poxa, vai trabalhar honestamente no Brasil hoje para ganhar 120 mil para comprar um Compass (por exemplo). Vai ser empresário no Brasil (por exemplo).

            O pessoal tem que parar com essa mania de que: ah se tem 120 mil para comprar um carro, nao vai preocupar com consumo. os caras falam de um jeito como se dinheiro caísse do céu.

            Existem sim pessoas que nao se preocupam, mas é só entrar la no Grupo do Compass no Facebook que um dos assuntos mais discutidos incansavelmente é justamente o CONSUMO!!

          • invalid_pilot

            Geralmente quem tem grana e é rico de verdade se importa sim com preço e consumo

          • Fagner Rafael.

            Geralmente quem é rico de verdade está pouco se lixando da forma como o vizinho gasta o dinheiro. O que não serve para vc. Se eu compro um SUV é pq ele cabe no meu orçamento. Pobre que compra e fica fazendo continha no final do mês para ver se cabe no orçamento. Pobre adora olhar para o vizinho rico e falar ” Vc comprou um puta carro mas ele é gastador ” o rico se programa antes de comprar. Portanto, essa choração para mim é coisa de quem não é rico. Estamos quites.

          • invalid_pilot

            Não perguntei vossa opinião, tava falando com o outro rapaz ali

            Falow Valew

          • Fagner Rafael.

            ” vossa opinião”
            HAHAHAHA genial

            Em 16/06/2017 23:21, “Disqus” escreveu:

          • invalid_pilot

            Ué? Quer que eu fale igual os maloqueiros da sua quebra ?

            Não pedi sua opinião jow

          • Fagner Rafael.

            Não pediu minha opinião mas se intrometeu e mandou indireta:
            ” Nem perde tempo discutindo, esses ai certamente entram no primeiro caso: Comprar no carnê pra ostentar.”

            Portanto, fica rosnando pelos cantos dos comentários alheios. Caso não fosse não tinha se metido na minha conversa eu não responderia.

            Nem foto tu tem, vai saber se não é pior que os ” maloqueiros” que critica.

            Eu só ri da conjugação mesmo… Os maloqueiros da quebrada escrevem melhor. Volta a estudar, depois tu fala dos caras da quebrada. Nunca é tarde para estudar. Adeus Fake!

          • invalid_pilot

            Calma Cocada.

            Fica calminho e relaxa! Isso aqui é só internet. Kkkkk

            Só sei que não sou boy filhinho de papai que ganha mesada.

            Abs

          • Eduardo Gontijo

            Fagner, na boa, voce entrou em contradição e no fundo acabou concordando com tudo que falei!

            “Se eu compro um SUV é pq ele cabe no meu orçamento.”

            Exatamente, concordo 100%, porem comprar QUALQUER carro nao é só ir la e comprar…. tem seguro, manutenção, combustível, IPVA. Resumindo, todos os fatores que devem ser analisados na compra de um carro, independente se voce é rico ou é pobre.

            “o rico se programa antes de comprar”.

            Obrigado por concordar comigo mais uma vez, eu só acrescentaria que independentemente da classe social, o cara que é INTELIGENTE, rico, pobre ou classe média e quer comprar seu carrinho, da categoria que for, analisa todos os fatores que citei acima.

          • Fagner Rafael.

            Não entrei em contradição, o que disse é que existem carros para determinados perfis e muitas pessoas não entendem isso e criticam, um dia todos os carros podem ser economicos mas hoje ainda não são. Minha intenção não era discordar de vc. Só acho que a critica tem que ser direcionada ao tipo de carro, segmento… Quanto a se planejar para comprar isso predomina em quem tem mais poder aquisitivo… Não é a regra mas é o que percebo.

          • Edson Fernandes

            Do Fluence tbm.

          • Pedro Mello

            Quando leio uma resposta dessas tenho certeza que se trata de uma generalização grosseira. Como você pode julgar pessoas que você nem conhece? E antes de me acusar de generalizar também falo estritamente em termos monetários no meu comentário.

        • Lauro Agrizzi

          Ou tem mentalidade de pobre.Pois se o cara tivesse preocupado com consumo teria comprado um Mobi.
          Ai o cara compra um Golf 1.4 TSI e vem cagar goma e contar vantagem em consumo. Então comprou o carro errado pois devia estar falando que o carro anda muito.Comprador equivocado. Ou pobre que comprou mas economiza combustível para pagar a prestação.Típico consumidor de carro de entrada com arroto de rico.

  • leandro

    Usado e 15% abaixo da tabela eu até penso

    • Paulo Thesis

      Vai comprar um batido?

      • Batido a FIPE – 15% está caro! Isso não é preço nem de francês usado!

        • Fã de Carros!

          PowerShit usado é 50% abaixo da Fipe.

          • leandro

            Me fala onde tem Powershift 50% abaixo da tabela que pego um Focus titanium agora

          • Comentarista

            Não notou que esse fã de carros é o legítimo puxa saco da VW? Aposto que é do carblog.

          • Lauro Agrizzi

            Tem um monte com 45%.

          • leandro

            Me mostra onde!

          • Paulo Lustosa

            Aqui é no máximo 15% abaixo da fipe os powershift, tendo em vista que aqui onde moro, tem muito relatos de carros Ford com câmbio da Getrag (incluo nessa a Ranger manual) dando problema, principalmente na embreagem.

  • Bernardo

    O problema do BR não é o consumo dos carros, mas o preço ridículo da mijolina com seus incríveis 27,5% de álcool. Carro flex foi criado para aceitar essa “aberração” de mistura.

    • yurieu

      Enquanto que na Australia/EUA você tem que “caçar” os 1 ou 2 postos que disponibilizam o combustível E85. Aqui virou Lei. O Brasil sempre vai na contramão do progresso.

      • É a contrapartida do PT-PMDB ao lobby da UNICA por conta do dumping praticado pela Petrobras para segurar a inflação.

        Como o etanol não conseguia concorrer, se juntaram à estatal para vender compulsoriamente com a gasolina.

        • Roberto Souza

          Infelizmente pra gente esse tipo de política não é exclusiva do PT/PMDB. Não se iluda. Quem manda nessa bomba chamada Brasil é o poder econômico. A sociedade fica só com a rebarba.

      • Bernardo

        Te falar a verdade, nunca vi nos EUA posto com Etanol. Rodei um bom pedaço da Costa Leste, abasteci em inúmeros postos, e olha que o carro que usava era flex. Kkkkkkkk

    • Marcelo Amorim

      Na verdade penso que foi criado pra escoar a producao do etanol,pq se nao tivesse essa mistura,quem em sã consciencia pagaria 3 reais(aqui em Natal),num litro de etanol?

  • sigma7777777

    Será que o câmbio de 9 marchas ajudaria na economia de combustível em uma versão sem 4×4?

    • Artur

      Acho que não. A concepção desse motor, de origem americana, não levou consumo em consideração…

      • Eduardo Gontijo

        ajuda sim amigo, e MUITO

        • Raimundo A.

          Já divulgaram os dados de consumo?

          • Eduardo Gontijo

            Respeito sua opiniao Raimundo, mas terei que discordar pois tenho uma Toro 2.4 com cambio AT9 e conheço bem a relação e escalonamento das marchas. O cambio AT9 preza pelo conforto e consumo O TEMPO TODO. O carro sempre trabalha em baixa rotação, entre 1500 e 2000RPM. Se nao me engano, entre 90 e 100km/L ele já joga a nona marcha. É um conceito muito diferente de um cambio AT6 que normalmente apenas a sexta marcha é overdrive. Em relaçao ao 4×4 nao posso opinar, pois como todos sabem, a Toro 2.4 é 4×2.

  • Ilbirs

    Parece que o pessoal da FCA finalmente se deu conta dos buracos de preço que ficavam entre os modelos Otto e Diesel na gama e resolveu encaixar aí um Compass 2.0 flex 4X4 com transmissão automática de nove marchas, que considero escolha adequada dado o tanto a mais que ele está vendendo em comparação ao irmão de plataforma Renegade.
    Resta agora saber o quanto que as nove marchas irão livrar de consumo no veículo em comparação ao que seria se fosse um Aisin AWF6F25 que tivesse acrescida uma caixa de transferência para as rodas traseiras. Sendo um contexto Jeep da coisa, isso significa que na prática serão oito as marchas usadas constantemente, com a primeira servindo de reduzida e tendo uma relação bem multiplicada. Não há o torque de um diesel nem o grau de planificação dessa curva de torque, o que significa redução da possibilidade de passar longos períodos em nona marcha e no máximo reduzindo para sétima. É aqui que vamos ficar com alguns receios, pois sabemos que nos Estados Unidos o pessoal sempre reclama da programação da ZF 9HP quando usada em modelos da FCA, o que pode significar que quando há conciliação com motor Otto, bem como seu menor torque com curva menos planificada, essa transmissão possa ficar meio sem saber o que fazer especialmente em kickdown. Por ora o único produto da FCA com motor Tigershark e transmissão ZF 9HP é a Toro 2.4 e até agora não temos registradas maiores observações a respeito da transmissão que tem de marchas o que Lula tem de dedos. Ainda assim, estamos falando de algo 0,4 l maior e também mais forte tanto em potência quanto torque.

    Vou encarar essa nova versão do Compass como uma forma de ter na Jeep um produto que também enfrente algumas utilizações do ASX que usam Otto e tração integral. Se considerarmos que o produto da Mitsubishi era o principal espelho para o desenvolvimento do Compass por aqui, seria a forma de não perder algumas vendas perdidas quando o assunto é gente que estivesse sem grana para o 2.0 a diesel.

    • Encaro também como um primeiro passo para a aguardada melhoria de motorização do Renegade, que poderia ter versões com o Tigershark 2.0 flex 4×2 e 4×4 e deixar o e-torq apenas na versão pé de boi (ou também na Sport); idealmente descontinuando seu uso.

      Mas isso não deve ser no curto prazo, pois o Renegade flex ainda tem bom número de vendas e a queda desse número ainda não parece ser suficiente para acender a “luz amarela”.

    • Rafael Lima

      Acho que poderiam fazer uma versão com 2.4 4×4 AT9 no lugar da 2.0 ele vai sentir o peso da nova tração

      • Ilbirs

        Nessa configuração que você sugeriu há três letras que dificultam a coisa: I, P e I, que incidem em porcentagem maior porque um Compass é considerado carro de passeio, enquanto a Toro, por ser pick-up, tem um regime mais camarada.

  • C. A. Oliveira

    “O sistema 4×4 Jeep Active Drive Low, possibilita ao motorista 20 vezes quando o Compass estiver com marcha reduzida engatada.”

    Tem uma falha no texto. 20 vezes o quê?

    • Deve ter sido o corretor​ ortográfico.

      • youtube youtube

        corretor gráfico! corretor ortográfico é redundante,pois “orto” já significa correto(a)

  • Raimundo A.

    Se usasse o AT6 com o 4×4 não seria problema, mas pelo que noto em outros mercados no Renegade e no Compass onde já é vendido é que a tração 4×4 está ligada ao câmbio AT9 ou ao manual MT6. Os veículos que usam o DDCT de 6 ou 7 marchas tem tração 4×2.

    Vi um vídeo na net sobre o lançamento do Compass na Argentina, mostrado no salão, e a mecânica será a gasolina. O nosso 2.0 terá câmbio manual de seis marchas e tração 4×2 na Sport. Longitude e Limited usarão o motor 2.4 com AT9 e 4×4.

    Esses Compass 4×4 flex parecem bem recentes. Até a metade do mês passado, só vi os diesel 4×4 e flex 4×2 de teste.

    Como já vi uns Toro zebrados e um era 4×4, foi lançada a diesel 4×4 AT9 Freedom, acho que poderão lançar a Flex 2.4 AT9 4×4. Mercado tem, pois a GM colocou sua flex AT6 4×4 para concorrer com a Hilux.
    A FCA criar Compass 2.0 flex 4×4 AT9 tendo a diesel, o Toro flex 4×4 deve está a caminho.

    • G.Alonso

      Já tem flagra desse Compass com tração 4×4 e motor flex, o desenvolvimento deve ter começado a alguns meses, mas, deve estar rodando agora na rua.

  • Junior Coelho

    O que eu acho engraçado são algumas coisas que são feitas pelas montadoras desnecessariamente, por exemplo: O nome do Compass fica na porta e não na tampa do porta-malas. De fato eu não achava que isso era importante até minha mãe chegar pra mim e falar “filho, já sei qual será meu próximo carro, será o Limited da Jeep” kkkkkkkkkk Cara, eu ri muito e pensei comigo mesmo “agora lascou, vou ter que mostrar todos os carros da Jeep pra ela e explicar que Limited não é o nome do carro e sim uma versão. Enfim… custava nada fazer como todo mundo e deixar o nome do carro na tampa do porta-malas? Porque eu tenho certeza que a minha mãe não é a única nesse planta Terra de Deus que vá olhar para o nome Limited e achar que é o nome do carro.

    • Raimundo A.

      Todo mundo? Não generalize. Não é de hoje que a Jeep e a Dodge/RAM usam nomes dos veículos na lateral.

      Se você observar, em picapes, Ford e Chevrolet, o nome é na lateral. Caminhões, na frente, maioria. Certos segmentos e algumas marcas tem condutas há tempos sobre a utilização da identificação dos veículos, então não precisa e não tem porque fazer o que outras fazem.

      Agora, se tem gente que não está acostumada a identificar, paciência. As pessoas não são obrigadas a saber a diferença dos produtos e não há obrigação os fabricantes facilitarem. Quem quiser entender, pesquise.

      O que dizer de uma pessoa que não sabe a diferença do Civic para o Elentra vistos de frente? Tem gente que não grava o visual do veículo e confunde porque usam a letra H como logo da marca. Aí, diz que é o Elentra da Honda e o Civic da Hyundai.

      Um colega que tive não sabia a diferença de um Celta para um Corsa quando vistos de frente. Há veículos que o nome e a versão estão atrás, mas a pessoa não consegue identificar o nome. Exemplo são os modelos da BMW e Mercedes. Um leigo não vai saber que é um série 3, modelo, versão 28i, não esquecendo o tipo de carroceria, onde não costumam diferenciar sedã de SW.

      Alguém poderia chegar para mim e dizer que vai comprar um 328i. Sim, mas é sedã, sw? Não é simples inventar de seguir a proposta de outras marcas. É mais fácil entender a diferença de algumas.

      • Junior Coelho

        Eu entendi o que você quis dizer, pelo visto, você que não entendeu o que de fato eu quis dizer.

        Como muitos dizem: a… pessoal que compra carro não lê sites especializados e nem foruns.

        E isso é verdade, a grande parte da população que compra carro, realmente não liga em pesquisar nada de nada, infelizmente. Por isso nosso mercado é do jeito que é.

        Enfim, só quis dizer que eles poderiam facilitar para esse grande público. Mas… mais uma vez eu deixo claro que entendi o que você quis dizer e até concordo, mas a maioria das pessoas que compram carros são leigas mesmo, infelizmente.

    • Fagner Rafael.

      Carros offroad tem essa tradição de colocar as letras do nome na porta, já ouvi dizer de quem faz trilha que por conta da lama que geralmente fica na traseira ao atolar por exemplo… Só não sei se foi a JEEP que inventou essa moda.

    • Marcello Caetano

      È uma característica da Jeep, tão antiga, que nem sei se já houve um com nome na traseira. Pode ter ligação com o fato de a traseira do modelo original da marca ser muito carregada, uma vez que contava com galão e estepe atrás. Hoje são diferentes mas tradição é coisa séria.

  • Gabriel Ferreira

    2.0 flex, 4×4, SUV, sem turbo, sem injeção direta, isso vai gastar uma gasolina da porra, e não vai andar nada.

  • Heloi De Souza Freitas

    Até que fim, um conjunto 4wd com motor a flex na linha Jeep nacional. Sistema de tração integral somente com diesel é incoerência, nem todos querem motor diesel. Agora quem tiver interesse em motor flex e gosta de uma transmissão mais sofisticada, terá uma opção há mais. Poderia oferecer um conjunto desses no Renegade também, mas com o 2.0 Tigershark, o E-Torq é limitado pelo peso que o carro teria.

  • IPZ.4

    Iria feliz em um Compass 2.0 tigershark 4×4 manual 😊

  • Zigfrietz Tazogh

    Só não acredito que será o motor 2.0 que vai trabalhar com o sistema de tração 4×4 e câmbio ZF de 9 marchas, muito mais provável que seja o 2.4 Tigershark flex.

  • Pingback: Flagra do leitor: Jeep Compass 2.0 Flex com tração 4x4()