Protótipos em testes ainda ostentam o visual antigo

O novo Fiat Ducato retornará ao Brasil importado do México. Nossas apurações indicam que o modelo chegará ao mercado em outubro nas versões furgão e passageiro. A engenharia da marca usa protótipos antigos para testes de rodagem como mostra o flagra do jornalista José Oswaldo Costa.

Dianteira do modelo mexicano ganhou novos faróis e para-choque

Linhas

O Ducato fabricado no México já passou por uma reestilização. Na dianteira, o modelo ganhou faróis mais estreitos, grade e para-choques redesenhados. Na traseira, o Ducato 2018 ganhou apenas lanternas com novo desenho externo.

Motor

O novo Ducato manterá a mesma opção de motor atual, porém com mudanças para atender novas normas de controle de poluição. É esperado algum ganho de potência e torque.

Atualmente, o propulsor 2.3 turbo que rede potência de 127cv a 3.600 rpm e torque de 32,6 kgfm a 1.800 rpm.

Descontinuação

Apesar de ainda poder ser configurado no site oficial do fabricante, o Ducato que era produzido em Sete Lagoas (MG) deixou de ser fabricado no fim de 2016.

Fotos | José Oswaldo Costa (Flagra) e Fiat/Divulgação

Flagrou algum carro diferente, camuflado, com placas verdes (ou tudo isso) ou ainda tem alguma informação interessante e quer contribuir com o Autos Segredos? Envie para o e-mail contato@autossegredos.com.br. Ou ainda pelo nosso WhatsApp (31) 99547-4805.

  • CA

    Seria legal se viesse como Ram Promaster! Ao menos numa versão mais refina para concorrer com a Vito.

    • Sistema excretor não reproduz!

      Vito é bem menor…

    • DiMais

      Vito é do porte do Fiat Scudo, que está sendo substituído pelo Talento (Renault Traffic).

  • Kleber Guimarães

    Há alguma expectativa de que a Jumper e a Boxer continuem sendo vendidas, porém, com esse novo design?

    • Marcus Vinicius

      Se a Jumper e a Boxer poderia vir derivados do Opel Vivaro que na verdade é o Renault Trafic !

      • DiMais

        depois da compra da Opel pela PSA virou uma zona sem tamanho o segmento das vans comerciais na Europa, Fiat e PSA se divorciaram e partiram para novos romances.. a PSA fez acordo com a Toyota e a Fiat com a Renault, mas a Opel (agora propriedade da PSA) tem vans tanto da Renault quanto da Fiat.. a esperar pra ver o que vai se desenrolar nos próximos anos, acredito num desenvolvimento novo por parte da PSA para a Opel e a FCA se estreitando com a Renault para ter uma linha competitiva em custos.

    • DiMais

      o acordo Fiat x PSA acabou e por isso tanto atraso na chegada dessa nova geração, a fábrica de Sete Lagoas atendia ambas as empresas enquanto no México é exclusiva da FCA.

  • Ilbirs

    Vê-se claramente que será a passagem direta da especificação conhecida por RAM Promaster para cá:

    http://www.autossegredos.com.br/wp-content/uploads/2017/03/teste-fiat-ducato-1.jpg

    http://st.motortrend.com/uploads/sites/10/2016/10/2017-ram-promaster-1500-low-roof-cargo-van-angular-front.png

    http://www.autossegredos.com.br/wp-content/uploads/2017/03/teste-fiat-ducato-3.jpg

    http://momentcar.com/images/ram-promaster-cargo-van-3500-high-roof-2.jpg

    http://www.autossegredos.com.br/wp-content/uploads/2017/03/teste-fiat-ducato-2.jpg

    http://st.motortrend.com/uploads/sites/5/2013/10/2014-Ram-ProMaster-2500-rear-view-02.jpg

    Portanto, vê-se claramente que por aqui teremos o estilo anterior ao da reestilização, que é aquele correspondente a como era o Ducato na Europa antes de ganhar o estilo atual. Porém, destaca-se o uso de faróis em especificação adequada ao Brasil, pois não vemos o refletor âmbar que existe na especificação para a América do Norte e tudo indica que teremos os faróis em especificação de 55W no baixo e 60W no alto com facho assimétrico. Segue imagem de como era o modelo antes da reestilização com farol fininho:

    https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/dd/Fiat_Ducato_Pritsche_front_20081223.jpg

    Como podem observar, a exemplo do Ducato europeu, temos nesse protótipo flagrado um farol que se encaixa no mesmo espaço, mas com dois refletores redondos em vez dos retangulares que temos no Promaster. Seguem as imagens para comparação:

    https://www.bresolin.com/imgs_ricambi/1024x/US-1369497080.jpg

    http://st.motortrend.com/uploads/sites/10/2016/10/2017-ram-promaster-1500-118-low-roof-cargo-van-headlight.png

    • Renato Bandeira

      Vê-se claramente na matéria: “…A engenharia da marca usa protótipos antigos para testes de rodagem como mostra o flagra do jornalista José Oswaldo Costa.”

    • G.Alonso

      A matéria citou que a marca está usando os protótipos com carroceria antiga para testes.

  • daniel germano

    Nossa ta precisando da atualização mesmo kkk!!!.

  • Marcus Vinicius

    Vamos esperar nova Ducato Hecho en México !

  • mjprio

    Eu só colocaria o logotipo FIAT na tampa do motor e não na grade. O visual fica meio vazio com ele no lugar onde está

  • Aroldo Alves

    Poderiam trazer pra nós a automática!!!

    Na RAM ficou um show!

    • jose carlos carlos

      verdade se vier com transmissão automática vai vender muito mesmo…o brasileiro esta perdendo o medo de carros automático e pegando gosto por eles..eu seria o primeiro da fila para comprar uma ducato automatica….trabalho com utilitários ,,atualmente tenho uma BOSTA de sprinter , mas irei voltar para uma ducato, uma ótima van….

  • Ringow

    Na Argentina vende a qubo dá Fiat tinha que vir para o Brasil é a Citroen vai trazer carros comerciais para o Brasil esse ano

  • yurieu

    os bons carros brasileiros são mexicanos ou argentinos.

  • arzanette

    Esta van e show trabalhei com uma Citroen jumper na empresa DHL na Inglaterra…em 2010/11 esta atrasada mas e uma ótima van ……

  • ekler

    Vende pro Trump…….

  • jeep compass

    a fiat poderia optar na categoria da mb vito

  • DiMais

    é sabido que o divórcio entre a Fiat e PSA se arrasta por alguns anos, lá na Europa algumas coisas já começaram a se desenhar (PSA com Toyota e Fiat com Renault), mas ainda faltam alguns pontos a serem acertados como a fábrica de Sete Lagoas que produzia vans para ambas as empresas, como fica a situação dela tendo o Ducato vindo do México e as vendas da Iveco Daily não sendo tão expressivas?