Versão take é equipada somente com o motor 1.0 aspirado

O Volkswagen up! 2018 chega ao mercado em cinco versões de acabamento e duas opções de motorização. O modelo ganhou retoques na dianteira, traseira, interior e um novo pacote tecnológico. Somente a versão take manteve o preço da linha 2017, as demais estão tiveram seus preços reajustados. O modelo acaba de ser apresentado para parte da imprensa especializada.

Versão move é a única da gama up! que terá as duas opções de motores

Versões

Na linha 2018 do Volkswagen up! o motor 1.0 aspirado equipa somente as versões take e move. Já o propulsor 1.0 TSI equipa as versões move, high, connect e cross up!. As opções equipadas com o motor turbo também conta com controle de tração de série.

Versão high vem equipada com controle de tração e motor 1.0 TSI

Confira os novos preços do up! 2018:

  • take up! 1.0 MPI – R$ 37.990
  • move up! 1.0 MPI – De R$ 45.987 para R$ 48.290
  • move up! 1.0 MPI I-Motion  – De R$ 48.365 para R$ 50.668
  • move up! 1.0 TSI  – De R$ 50.123 para  R$ 52.790
  • connect up! 1.0 TSI – R$ 54.990
  • high up! 1.0 TSI  – De R$ 55.458 para R$ 57.100
  • cross up! 1.0 TSI – De R$54.094 para R$ 55.600

Volkswagen up! take

A versão de entrada take vem equipada de série somente com o básico. Os principais itens de série são o lavador, limpador e desembaçador do vidro traseiro, rodas de aço aro 14″ calçadas com pneu 175/70 R14 e calotas, alerta de frenagem de emergência (ESS), ajuste de altura do banco do motorista e fiação para o sistema de som.

O up! take conta somente com um único pacote de opcional que agrega direção elétrica, coluna de direção com ajuste de altura, ar-condicionado, travamento elétrico das portas e vidros dianteiros elétricos.

A opção take de duas portas não teve seus preços revelado, no entanto, ela já é distribuída para os concessionários da marca.

Volkswagen up! move

A versão move já vem mais completa e os principais itens de série são direção elétrica, ar-condicionado, computador de bordo “Plus”, sensor de estacionamento traseiro, sistema de alarme com comando remoto,  três apoios de cabeça no banco traseiro com ajuste de altura, 4 alto-falantes, 2 tweeters e antena no teto, chave tipo “canivete” com controle remoto, rodas de liga leve aro 14″ com pneus 175/70, sistema de som com rádio AM/FM, CD-player, bluetooth, MP3 player e entradas USB / AUX-IN / iPod, travamento elétrico das portas e porta-malas, vidros dianteiros elétricos, faróis de neblina, espelhos retrovisores com ajustes elétricos e volante multifuncional revestido em couro. O move up! é a única versão que conta com o câmbio automatizado I-Motion que trabalha em conjunto com o motor 1.0 aspirado.

A versão move com motor 1.0 TSI agrega o controle de tração.

O Volkswagen up! Move 1.0 TSI conta com três pacotes de opcionais: sistema de som composition phone, pacote connect com teto externo em preto ninja e pacote connect com teto externo na cor do veículo. Entre os itens ofertados nos pacotes de opcionais estão rodas de liga leve aro 15″ com pneus 185/60 R15 e o sistema Composition Phone.

Volkswagen up! connect

A nova versão vem com todos os itens da move TSI e acrescenta retrovisores e teto pretos, interior escurecido, adesivo na soleira das portas, adesivos na carroceria, roda de liga leve de 15 polegadas diamantadas e com detalhes preto brilhantes e sistema de som “Composition Phone”.

Volkswagen high up!

A versão high vem equipada somente com o motor 1.0 TSI. Ela vem com todos os itens da move e agrega o porta-malas com sistema de ajuste variável de espaço, rodas de liga-leve de aro 15″ com pneus 185/60, sensores de chuva e crepuscular, entre outros itens de acabamento interno e externo.

A versão com dois pacotes de opcionais: sistema de som Composition Phone composto por pelo sistema de som “Composition Phone” e função de dados na porta USB do suporte de celular e o pacote Native que inclui revestimento dos bancos, manopla de câmbio e alavanca do freio de mão revestidos em couro.

Volkswagen cross up!

A versão aventureira cross up! vem equipada somente com o motor 1.0 TSI e os mesmos itens de série da high e acrescenta somente o sistema de som “Composition Phone”. O único opcional é o revestimento em couro de bancos, manopla de câmbio e alavanca do freio de mão revestidos em couro. A opção se diferencia somente pelos adereços aventureiros.

Motores e câmbio

O up! 2018 mantém as duas opções de motorização 1.0 de três cilindros: a MPI de até 82 cv (câmbio manual de cinco marchas ou transmissão automatizada I-Motion) e a TSI  de até 105 cv (câmbio manual de cinco marchas).

Fotos | Volkswagen/Divulgação

  • Marco A

    Infelizmente, o que era pra ser um subcompacto, virou carro de nicho!!!

    • Duh

      A Vw esqueceu que para tornar ele carro de nicho precisa deixar estiloso e bem equipado.

      • Bijuja

        A começar por vidros traseiros elétricos.

  • Ilbirs
    • Djalma Andretta

      Não adianta a revolta companheiro; não adianta, os caras não ouvem os consumidores!

      • Ilbirs

        Se não ouvem, há outras opções por aí e o problema é da VW por não ter executado uma ideia boa da maneira que deveria ter sido.

    • Jack-Moser

      E pior, colocam um filete de iluminação no painel (mero enfeite) e não colocam no botão dos vidros kkkkkkkkkkkkk, essa VW.

    • Ferrari

      E ser o único carro que custa menos de 50mil reais e tem 5 estrelas no teste de porrada, ninguém lembra, né?
      Se fosse uma matéria falando que o Uno tirou 2 estrelas no LatiNCap, ninguém ia lembrar que na matéria do up! ficaram pedindo vidro elétrico no vidro traseiro.

      • Ilbirs

        Diga-nos então como o up! perde segurança caso seja equipado com vidros elétricos traseiros, forração integral nas portas, cinto regulável por trilho e a saída única fixa que joga ar para cima sendo complementada por duas móveis apontando para a frente. Eu sei que banco bipartido não tira estrelinha, pois é usado no europeu, que tem cinco estrelas no Euro NCAP:

        http://img.pistonheads.com/LargeSize/volkswagen/up/1-0-move-up-3d-59-bhp/volkswagen-up-1-0-move-up-3d-59-bhp-199572072-13.jpg

        • Ferrari

          O carro tem um projeto de preço. O fabricante faz escolhas para ficar dentro deste valor.
          Quem fizer questão destes itens deve escolher um concorrente que tenha. E ficar sem as 5 estrelas. Simples.

  • bedotRJ

    Vamos falar a verdade aqui: o carro não mudou nada. Em relação aos preços de tabela, tem que ver em quanto ficarão os descontos efetivamente praticados. Quando comprei o Up! em outubro de 2014 por 32k (!!!), o preço de tabela da minha versão (Move 2p) passava dos 35k. Por aproximação, creio que o Take com kit conforto saia por algo entre 38 e 39k, preço próximo ao do Mobi Drive, do Sandero 1.0 SCe e do Onix Joy. Para a utilização familiar, sofre concorrência interna do Gol Trendline. Falo com conhecimento de causa: ótimo carro, mas deixou de ser um deal breaker em custo-benefício, especialmente nas versões mais caras.

    • radioactive

      Não mudou nada e a tabela assusta um pouco. Take Up pelado por preço de Onix Joy com Ar, direção e vidros elétricos. Difícil justificar. Mesmo o Up tendo um motor melhor, ainda é um subcompacto. Dependendo do que a Fiat fizer com o X6H e a Renault com o Kwid, a VW pode sofrer um revés bem feio com esse Up “mais-do-mesmo”.

      • Marciofilho Santos

        Realmente custando o mesmo que um onix “completo” não há motor que justifique a escolha pelo UP!

        • TSI

          Problema é que nem HB20 e nem o Onix são muito econômicos, algo que é primordial para veículos populares.
          Ademais não vejo escolha melhor se não for o UP! e HB20 para quem quer se manter na categoria de veículos de entrada!

          • Artur

            Segundo o INMETRO, o Ônix 1.0 LS e LT com câmbio manual de 6 velocidades consome, com etanol, 8,8 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada. Já na gasolina, 12,9 km/l na cidade e 15,3 km/l na estrada.
            Já o Up!, quando abastecido com etanol, roda, em média, 9,2 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada. Com gasolina, 13,5 km/ e 14,6 km/l, respectivamente.
            Ou seja, o Ônix é muito pouco menos econômico que o Up! na cidade, tanto com etanol quanto com gasolina, e mais econômico que o mesmo carrinho na estrada, com qualquer combustível.
            Por fim, o HB20 1.0 Comfort faz 8,5 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada com etanol, e 12,5 km/l na cidade e 14,1 km/l na estrada com gasolina. Números também do INMETRO.
            Assim, o HB20 é realmente menos econômico que o Up!, mas a diferença é pequena.
            Considerando que HB20 e Ônix são compactos, maiores e mais espaçosos que o Up!, um subcompacto, você tem certeza de que HB20 e Ônix realmente não são muito econômicos?

          • O Arthur, no meu trabalho a frota é alugada, portanto, já dirigi dos populares quase tudo que tem no mercado, e a diferença do Onix para o up! em termos de consumo é maior do que está ai, tanto na cidade como na estrada, o que mais se aproxima é o Ka. Ainda não chegou nenhum Renault com o Sce, nissan, ou um fiat com o firefly, portanto, com esses eu não posso comparar ainda, mas em breve trocam a frota e é capaz de aparecer algum e eu poder testar. Hoje de popular, eu iria de Ka, mas é gosto. Ele também tem seus defeitos.

          • Artur

            Mas esses números que postei são do Ônix 2016, com câmbio de 6 marchas e as atualizações no motor para torná-lo mais econômico. Sei que o motor é de concepção antiga e que a GM está tirando leite de pedra dele, mas parece que realmente ficou mais econômico que o anterior.

          • Ah entendi! Esse eu nunca dirigi, então não posso comentar.

          • NORDSK

            Esse números estão defasados; a linha 2018 veio ainda mais econômica.

          • tiago

            Se não me engano só os equipados com pneus de baixa resistência.

    • CorsarioViajante

      Essa estratégia da VW de botar o preço de tabela lá no alto para ficar dando preço de acordo com a cara do cliente na concessionária é muito chata.

      • NORDSK

        Quem não faz isso? GM até 7 mil de desconto; Fiat até 5 mil de desconto. Tem outra; tabela é só para inglês ver, preço depende de negociação; eu nunca paguei preço de tabela.

  • João Paulo Barbieri

    Tenho até medo ver daqui 02 meses o move up tsi passando de 60k.

    • TSI

      Amigo, o up não será o primeiro popular a ultrapassar a marca dos 60 mil reais. Já existe HB20 por 70 mil!!

      Veja, não quero justificar o valor alto, só precisamos entender que carro hoje em dia está com preço absurdo, sobretudo os populares.

      Pagar mais de 50 em veículo popular como UP, HB20, Onix é burrice. Com pouco dinheiro a mais você já pega um “Premium BraZil” tipo new Fiesta, C3, 208… que são caros, porém com valores bem próximos aos populares e pelo menos você não será tão enganado!

      *Paguei 42 no meu TSi na época e fiz test drive no Ka 1.5, HB20 1.6… mas dentro da categoria o UP ERA imbatível. Jamais pagaria mais de 50 mil reais nesses carros!!

      • Milton-GT

        E o New Fiesta não é popular? O Hyundai HB20 1.6, tem melhor acabamento que o Fiesta, mais espaço interno, melhor desempenho e mais equipamentos, além de ter cambio automático de verdade. Você gosta de ser enganado mesmo.

        • Rafael Lima

          Mais equipamentos? A telinha no painel é dizer que é mais equipado? Pois o Fiesta de mesmo preço tem 7 airbags, ESP, TCS, Hill Holder, entrada e partida sem chave, só o Powershift que é problemático e não tem o Sync 2

          • Milton-GT

            Pode ser, mas tem acabamento ordinário, desempenho ruim, cambio powershift que só quebra, preço alto e é Ford, uma das piores marcas do Brasil.

          • Rafael Lima

            Acabamento ordinário na categoria dele o único que é bom com resalvas é o 208, preço alto todos na categoria dele tem, A Ford pelo menos não tem carros medíocres, como um certa marca que pegou o menor carro e cortou no meio. Eu nem tenho Ford, mas a marca é bem superior ao Punto e qualquer velharia que a Fiat ainda tem no line up.

          • Milton-GT

            Essa é a sua opinião particular, a minha é baseada na realidade e é igual a de todos os especialistas. Até o Fiat Uno tem acabamento melhor que o Fiestinha.

          • Rafael Lima

            Todos os dois são meia boca

          • Milton-GT

            Pois eu acho que a única coisa meia boca aqui são os seus comentários. Nada pessoal.

          • Rafael Lima

            Anotado…

          • Thomas Porto

            Tu continuas destilando sua arrogância e birra pela internet afora. Não se cansa…

          • Milton-GT

            E você na falta de argumentos, continuas no mimimi.

          • Thomas Porto

            Eu sem argumentos??? Quando contrariado, você fala que sua opinião é “baseada na realidade” kkkkkkk nariz empinado do caramba, parece uma madame.

  • Fedido

    Nem comecem a reclamar que subcompacto tá passando dos 57k, seus pobretas.

    https://uploads.disquscdn.com/images/12706993a329a2401be38f64d9b427e2acb7205336f58d817724b54d5b3fec90.jpg

  • Paulo Thesis

    Mais caro que o Mobi, tem mais alguma montadora que ainda oferece popular com ar opcional ou só sobrou a VW? Até a Fiat saiu dessa…

    • Magnosama

      Tipo, vc queria que fosse mais barato que o Mobi?

      • Milton-GT

        Deveria, pois o Mobi Drive é mais equipado que o Up! além de ter cambio automático de botão.

        • HugoCT

          Up virou patrão kkk.

        • NORDSK

          Mais equipado nada, pega as configurações de série e compara. O Mobi Drive parte de 44.500,00 e precisa de uma pacote de 3.770,00, que tem chave canivete, alarme, sensor traseiro, retrovisor ecterno elétrico, farol e lanterna de neblina, etc; aí quase iguala o nível Up TSi em equipamentos e preço. Ainda fica devendo uma simples preparação para som, o próprio som, Isofix, controle de tração e mais alguma coisinha que não me lembro agora. No fim, o Mobi Drive também passa de 50 mil

          • Milton-GT

            O Mobi Drive topo de linha passa sim, de R$ 50 mil.
            Mas o High Up! topo de linha passa dos R$ 60 mil.
            Então caro fanboy, são R$ 10 mil de diferença, o que derruba todos os seus argumentos mentirosos, pois o Mobi Drive de R$ 50 mil não fica devendo absolutamente nada ao Up!, pelo contrário tem alguns itens a mais.

          • NORDSK

            Primeiro que não custa mais de 60, custa 57,1 mil, e realmente o Mobi não fica devendo nada, fica devendo muitoooooo!!! E tem mais, a versão do Mobi Drive equivalente no Up é a Move Up, que no final ainda tem umas “coisinhas a mais”. como Isofix por exemplo.

          • Milton-GT

            O preço de R$ 60.663,00 saiu no jornal do carro de hoje e foi fornecido pela Volkswagen do Brasil.

          • NORDSK

            Vou pelo caminho mais fácil. Tá lá no configurador da própria VW, já está atualizado. Preço da versão High Up= 57;100,00 + 1.400,00 se quiser o Composition Phone.

          • Milton-GT

            Pois eu acabei de olhar no site da VW e colocando a pintura metálica, o High Up! ficou em R$ 60.693,00. Não sei porque eu perco meu tempo com fanboys adolescentes.

          • NORDSK

            Você gosta de carro metálico? Eu não gosto e o preço de tabela, que é o que vale, pin tura sólida, tá 57.100,00, acabou…capisci?

          • Milton-GT

            Eu escolho a cor que mais me agrada, não me importa se é metálico ou não. E não é que você não gosta de pintura metálica é que você é pobre mesmo. Capisci?

          • NORDSK

            Pobre? Financeiramente talvez, mas não pobre de espírito como você. Você é de dar pena, ninguém te leva a sério aqui.

          • Milton-GT

            Eu disse pobre financeiramente, mas pobre de inteligência também porque insiste em achar que o Up! é barato. Quanto a ninguém me levar a sério, você tem razão em parte, pois realmente nenhum fanboy como você, me leva a sério.

          • Wellington Myph13

            Nossa, espera um pouco, vc esta comparando o 1.0 Firefly aspirado com o 1.0 TSI da High-up!?
            Vamos alinhar esse negócio pelo menos:
            Move-up! 2018 1.0 MPI – 48.290,00
            Mobi Drive 2018 1.0 Firefly – 45.900,00
            Pra competir com o MESMO NIVEL DE EQUIPAMENTO, 100% IGUAL, tem que adicionar o Kit tech + Connect.

            São 2.390,00 de diferença que pendem pro up! ter plataforma 5 estrelas, isofix, maior espaço pra quem vai atrás e Porta-Malas.
            Claro que no final das contas, quem quer um segundo carro, pode facilmente optar pelo Mobi por não se importar com espaço atrás ou porta-malas, mas como bem sabemos, concorrente do up! é o Uno e não o Mobi. Fiateiro que adora comparar mobi com up!.

            Ainda por cima, montado um Uno Atractive com kit tech e conforto, pra ficar igual, mas devendo rodas de liga leve, sai por 47.885,00, menos de 2000 reais pra um Mobi… Pra quem levar o Mobi meu Deus do céu?
            De acordo com o Pacote Tech, inclui ESP/TCS/HLA, que não me lembrava que dava pra colocar no 1.0, achei que era só na 1.3. mas esta lá, então o Uno seria mais barato que o up!, mesmo devendo isofix e uma plataforma mais segura, vamos colocar como empate pelo valor…

            Agora esse papo esta mais alinhado.
            Comparar Mobi com up! TSI, kkkkkkkkkkk piada…

          • Milton-GT

            Minha comparação está correta. É entre o Mobi topo de linha e o Up! topo de linha. Eu não compro carro pelado ou parcialmente equipado. Se você comprar o Mobi compraria o topo de linha, o mesmo se fosse comprar o Up!, a comparação é entre custo-benefício e não sobre tecnologia.

          • Wellington Myph13

            Claro que é correta. Tudo que te faça dormir bem a noite…

    • Marciofilho Santos

      olha o Mobi 2018 de R$30990,00 na promoção é basico também sem o Ar

      • Djalma Andretta

        Sem ar e sem um monte de coisa. O carro custa 34 mil e é mais básico que aquele que a Chery lançou agora por 25.900,00;

    • Djalma Andretta

      A Fiat não oferece nada na versão básica! Até a regulagem de altura do banco e o limpador e desembaçador traseiro são opcionais no Mobi, quanto mais o ar.

      • Milton-GT

        Só que o Mobi básico custa R$ 30.900,00 e o Up! mais barato peladão, custa R$ 37.990,00. São R$ 7.090,00 a mais, é muita grana.

        • NORDSK

          Custa 30,900,00 nada, custa 34 mil na tabela, mais pelado que qualquer outro carro! Não adianta pegar preço de promoção e vir comparar com preço de tabela do outro. O Up também estava em promoção a 28.900,00 na última semana.

          • Milton-GT

            Você precisa estudar matemática, fanboy, você pode dizer que o Up! é um carro melhor do que o Mobi que eu aceito mas negar que o Mobi é mais barato e com interior melhor é não saber somar 2+2 e passa a ser o cúmulo da torcida.

          • NORDSK

            Eu pelo menos passo o valor correto, da tabela, não fico inventando números para justificar ponto de vista.

    • TSI

      Acredito que só sobrou o UP! mesmo se não me engano a oferecer carro sem ar. Todos os populares concorrentes (Ka, HB20, March…) já saem de fábrica!!

      • NORDSK

        Vem com ar mas cobram por isso; nenhum custa menos de 43 mil na tabela O Take Up sem o pacote Take custa 37.900,00;

  • Pedro Mello

    A VW faz uma força para o up continuar vendendo menos que o Mobi…

    • Djalma Andretta

      Já deixaram claro que não querem disputar lugar com ninguém; querem ter veículos de maior valor agregado e querem maximizar o lucro.

      • Pedro Mello

        Tipo vender o produto? A Fiat não pensa assim e trabalha par o Mini-Frank vender mais que o up.

      • Duh

        Mas chega uma hora que nem fazendo isso compensa a produção e o modelo saí de linha, Up senão derem um bom trato logo vai morrer.

  • Victor

    Raio gourmetizador atingiu o up com força! 60.000 na versão Top! Só dando risada da Volks e chorando pelos amigos da concessionária.

    • TSI

      Mas existe HB20 por 70. Outro popular superfaturado !!

      • Rafael Lima

        E o Onix LTZ automatico por 60 mil, mais espaçoso, confortável e econômico por 10 mil a menos, pra andar na cidade o 1.4 tá suficiente, agora estrada…

      • RODRIGO

        caro tbm mas oferece multimidia ar digital luz diurna em leds bancos em couro cambio automatico 6 marchas 4 air-bags e nao deixa de ser caro como ja disse antes kkkkk

  • Joaquim Grillo

    30 é muito para essa bagaça ai

  • RODRIGO

    eu tenho um take 2014/2015 a unica coisa que melhorou no take 2018 foi a iluminaçao no porta malas.
    painel continua simples sem computador de bordo , sem iluminaçao nos botoes do vidro eletrico maçaneta preta que de noite é uma luta pra achar kkkkkk nao no meu caso, mas de amigos que pega carona comigo, bancos bipartidos? nem como opcional. faz uma falta danada! a volks quer que ele seja o carro de imagem da marca mas nao tem praticamente nada do europeu, sem ESP sem o TC (só no tsi) som de marca premium teto solar led diurno rodas aro 16 alem de outras firulas por 60.693 do high up! tsi com todos os opcionais ! muito caro. paguei 33,900 no take em 2014 hj o mesmo sai por 43.240. estava querendo trocar pelo novo mas terei que olhar modelos maiores e mais completos por esse preço !

  • Francisco

    40 mil num Take Up… sim, pq ninguém é louco de comprar um carro sem ar condicionado!! Oi?? Tá doida mesmo a VW. E acho que não sou só eu que não consegue ver diferença nenhuma nessa nova versão. Fala sério. Estamos fu messmo…

    • Djalma Andretta

      42.900,00 completa pois não dá para levar só o ar, só tem um pacote Take que inclui ar, direção, vidro, trava e regulagem do volante.

    • Milton-GT

      O Take Up! com o Kit Dignidade, mas sem Multimidia, sem rádio e sem nem alto falantes fica em exatos R$ 43.273,00.

  • Fernando Toledo

    Ficou bonito… Gostava das rodas antigas, mas estas novas ficaram lindas também!

    Mas de fato, o carro virou mercado de nicho, pq esses preços são abusivos.

    • NORDSK

      Bota nicho nisso, se vendia 3 mil por mês, agora vai vender 2 mil e olhe lá! Ficou um buraco muito grande entre a Take up completa, por 43 mil e a Move por 48,3 mil. Pior que a Take não prevê nenhum sistema de som, se quiser vai ter que instalar como acessório, só vem a preparação.

  • marc

    Agora que vi, eles tiraram a bizarra versão Track, escolha certa, versão Cross de longe bem melhor que ela

    • NORDSK

      A Track tinha bom custo benefício. Você levava o carro, praticamente equipado igual a versão Move Up, inclusive rodas de liga leva, e pagava pouco mais de 43 mil.

      • marc

        mas era desnecessária visto que tinha a Cross que tb saia 1.0 Mpi, se fosse como o Gol que tinha a versão Track 1.0 e a rallye 1.6 menos mal, era como fazer um outro uno way sem barras no teto, agora até faria sentido visto que a Cross só sai Tsi, mas era muito bizarro aquele UP

  • RKK

    Aumento de preço teve devido às mudanças supérfluas, agora cadê o controle de estabilidade como o modelo europeu ? E paddle-shift no I-motion como no Mobi GSR ?

  • Temeratus Silva

    Agora sim o preço faz jus ao nome UP!

  • Djalma Andretta

    Auto Segredos foi a única que mostrou que a versão Move Up 1.0 aspirada teve sim aumento e não redução de 242,00 como estão divulgando. Essa versão custava 45.987,00 e foi para 48.290,00. Tá certo que itens antes opcionais passaram a ser de série, como roda de liga e mais alguns, mas não custava darem a informação correta.

  • Mr. Car

    Dentro da gama up! o Move TSI continuaria sendo minha escolha, mas por um pouquinho menos e já com a pintura opcional azul “Journey”, eu creio que fecharia negócio com um Etios hatch XS 1.5 MT.

  • Brasil_MG

    E o preço cada vez mais Up!…As melhorias fizeram bem ao carro, mas o preço não está nada competitivo…

    • BMW M6

      high up! ficou mais caro que o Fiesta 1.6.(apesar do motor do Up! ser melhor, mas o Fiesta é de uma categoria acima)

      • Wellington Myph13

        Realmente…
        Ele esta 4k mais caro que a SE que já tem banco bipartido 60/40, 1k mais caro que a SE Style que já adiciona ESP/TCS/HLA e Rodas 16″ e esta 1k mais barato que o SEL que vem tudo isso mais ar digital, alarme volumétrico com fechamento dos vidros, vidro traseiro elétrico e sensor de estacionamento com visualizador gráfico…
        O High-up! pode tentar dizer que tem Sensor Crepuscular e de Chuva, e o Cornering Lights, mas isso é só firula perto do que o Ford tem a mais…
        Apesar de clientes diferentes, a Ford gostou disso, porque o publico de um é quase o mesmo do outro, Jovens que não se importam muito com espaço, apenas design, dirigibilidade e motor. O 1.6 responde um pouco abaixo do 1.0 TSI mas não faz feio…

        • Milton-GT

          O Fiesta 1.6 não faz feio? Vá ver o site Acelerados no You Tube as voltas rápidas feitas pelo Rubens Barriquello no autódromo Vello Città, segue alguns tempos:
          1) Peugeot 208 Griffe = 1:13709
          2) Hyundai HB20 1.6 = 1:14551
          3) VW Up! TSI 1.0 T. = 1:15022
          4) Toyota Etios 1.5 = 1.15745
          5) VW Fox Pepper 1.6 = 1:15950
          6) Ford Fiesta Sport 1.6 = 1:16263

          • Wellington Myph13

            Cara, isso é tempo de pista. Na vida real, entre todos os 1.6 ele não faz feio. É econômico, puxa relativamente bem em baixa e tem boas retomadas. Pode não ser referência, mas é acima da média no conjunto final.

          • NORDSK

            Pior é que não é econômico, não passa de 7 km/l na cidade com etanol.

          • Wellington Myph13

            Meu Sandero 1.6 8v com cambio Easy’R faz 7km/l na cidade. Computador de bordo sempre mostra entre 7,5 e 7,8, mas na bomba nunca chega.
            Não considero exatamente econômico, mas não acho tão gastão também. Meu up! fazia 9,5km/l de etanol na cidade também, mas era manual e além de 1.0 3 cilindros… Estou louco pela combinação de um 1.0 TSI com AT6, mas a VW ta demorando. O Ford acha em CSS por 65mil, mas tenho medo de ficar parado por conta do Cambio e ainda levar buchada na desvalorização quando for revender. Além de que não queria com banco de couro nem roda 16″, rodo muito pra trabalho, e ia esquentar demais o couro no dia a dia e as rodas 16″ só encarecem meu orçamento…

          • NORDSK

            Meu Polo Sedan 1.6 é um abuso, faz 6,2 km/l na cidade com etanol e 8 a 8,5 na estrada.

          • Wellington Myph13

            Tive um Gol Power I-Motion, fazia 6,8km/l na cidade, quase toda vez, mas eu só olhava o computador de bordo, nele eu nunca fiz a conta na bomba. Nem nunca testei gasolina, na época o Etanol era 1,79 e a gasolina 2,89, não compensava…

          • Milton-GT

            Caso você não saiba, o tempo de pista é a melhor análise que existe sobre um automóvel, pois mede estabilidade, suspensão, torque e potencia do motor, direção, freios e desempenho. Tem ainda os comentários do Rubinho que disse que os bancos dianteiros do Fiesta são péssimos, pois deixam o motorista escorregar nas curvas. Na vida real acho o Fiesta uma porcaria, bonitinho, mas ordinário.

          • Wellington Myph13

            Cara, eu concordo em partes com vc, porque no dia-a-dia, a pessoa tem que ser muito “sangue nozóio” pra sentir toda essa analise de que o freio é melhor, estabilidade é super top e etc…
            Tem que andar em 3a sempre até 100km/h, frear na ultima hora, parecer um maniaco dirigindo pra sentir tudo isso no dia a dia…
            Dirigindo normalmente, engatando 2 a 20km, 3 a 30km, 4 a 40km, e 5 acima de 50km, o carro puxa tranquilamente, e se precisar esticar um pouco, vai de boa sem esgoelar e passando na faixa de 4000 RPM ele já puxa forte o suficiente pra 90% das ocasiões…
            Essa diferença de 1, 2, 3s na pista, é notada na hora de sair da cabine do pedágio e tirar racha com o carro do lado… de resto só pra quem mexe no carro e poe na pista.

          • Milton-GT

            Se você pensa assim então compre um Ka 1.0 que você vai gastar muito menos dinheiro e vai curtir do mesmo jeito com mais espaço interno.

          • Wellington Myph13

            Aiai, imbatível mesmo.
            1.0 é pra quem anda sozinho ou com mais um e bagagem. O 1.6 vai andar bem até com 4 pessoas mais bagagem. Melhorou?

          • Milton-GT

            Não, somente na estrada, na cidade é a mesma coisa. Só que eu não acho que caibam 4 pessoas no Fiesta, no banco traseiro só cabem crianças;

          • Wellington Myph13

            Fiesta tem o mesmo espaço do Palio. Se for acima de 1,80 encosta o joelho de quem vai atrás, mas quem na vida real fica com o joelho reto pra frente no banco de trás né…

          • Milton-GT

            Conversa, eu ajustei o Banco do Fiesta para a minha posição de dirigir e tentei sentar no banco de trás e não consegui entrar. Até o Palio Fire da minha filha tem mais espaço no banco traseiro do que o Fiesta. E eu sei o por que. O Fiesta é um carro baixinho e é isso que diminui o espaço interno.

          • Rafael Lima

            Na cidade não faz feio não, a maioria dos carros 1.6 em desempenho não faz feio na cidade

          • Milton-GT

            Quem diz isso é o marketing da Ford, hahahaha. Eu com meu Punto 1.8 cansei de dar ralo em Fiesta 1.6

          • Rafael Lima

            Você se certificou que ele estava querendo disputar com você?

          • Wellington Myph13

            Kkkk, bem isso. Um Fiesta 1.6 contra o Punto 1.8 antigo, deve dar pega de pescoço a pescoço… O 1.8 antigo não faz taaaaanto vento assim no Fiesta.

          • Milton-GT

            Não pedi certificado não, mas as válvulas do motor dele estavam batendo no cofre do motor. hahahahahaha

      • NORDSK

        Sim, claro que é outra categoria, a única coisa que os dois tem em comum é falta de espaço; as para mim, por exemplo, onde economia de combustível é fundamental, jamais compraria um Fiesta 1.6.

  • Milton-GT

    A VW enxuga a linha e aumenta os preços! O que ela quer fazer? o Up! micar?
    O Take Up! com o Kit dignidade+pintura metálica fica em R$ 44.603,00 e sem Multimídia, muito menos um simples Rádio, sem nem alto-falantes e com calotas de plástico. Custo-benefício nenhum.

    • CorsarioViajante

      A idéia é que se vai comprar Take Up com kit dignidade + pintura metálica é mais negócio levar o Move MPI.

      • Artur

        Ou nenhum dos 2 e partir pra concorrência! Rsrs

        • CorsarioViajante

          Com certeza!

  • HugoCT

    Fiat Mobi agradece kkkk. O pessoal ve o painel do Up e acha bem acabado, mas esquece que para ter esse visual é necessário desembolsar mais de 48 mil. Realmente o UP ta ficando inviável, muito mais um Ford Ka, e se for pra ser ” aventureiro” gastando o minimo possivel, Uno Way ou Mobi mesmo.

  • Stig

    up! a 60 mil Reais, mas tem quem defenda.

    Se é para ter motor 1.0T que coloque no GOL e no Voyage, a VW deu um passo maior do que a perna nesse carro e o preço fugiu do controle.

    O UP tem historia de vida igual do FOX, nasceu para ser o carro de entrada, mais barato do que o GOL, e foi gourmetizado e ficou mais caro que o GOL, ai não vende nada.

    Carro de entrada ? Faz igual a FIAT, bota um MOBI peladaço para vender e o cara que não quer enfrentar o transporte público vai comprar um, mas esse mesmo cara se for na VW não leva, pois é mais caro e ainda vai conseguir receber menos, e se ele entrar na GM leva o Onix Joy por um pouco a mais e é o ‘da moda’.

    O que mais vende é sempre o peladão 1.0, seja de qual montadora for, e nesse cenário, a FORD inovou com o Ka Se 1.0, já ‘completo’, sem versão frotista, e se mantém no TOP 5 vendendo um produto honesto.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Take Up com pacote completo por R$ 43.200…………… hahahhahahhahahahhahahha

  • fabio

    Engraçado, quando colocaram esse bigode de plástico na frente do punto, quase todo mundo achou ridículo (não é o meu caso, pois eu achei bem mais legal). Agora fizeram o mesmo no Up. Ninguém vai dizer que ficou ridículo também? Bando de puxa saco da VW, isso sim, rsss. Claro, vão vir com a desculpinha que o bigode do up é totalmente diferente do punto. Que no caso do Up o bigode tem um design mais sei lá o que. Mas a bem da verdade é que é tudo blá blá blá. No geral é tudo a mesma coisa. Não passa de uma porcaria de plástico colocado no pára-choque. Isso é birra que as pessoas tem da Fiat. Gente que tem inveja do Punto. Gente que não aceita que o Punto, sem bigode ou com bigode, é bonito mesmo. Bando de puxa saco da VW, rsss.

  • Kadu_CE

    E o preço continua UP!!

  • Ricardo Blume

    Vi o carrinho e confesso que gostei. ESTETICAMENTE ele melhorou mas concordo com muitos que ele deveria vir com banco traseiro bipartido e cinto de três pontos para todos os passageiros, apesar de não concordar que caibam três passageiros atrás. Visualmente me agradou, com exceção da sinaleira traseira. Seu preço está totalmente fora da realidade, indo contra sua proposta original, a de ser um carro de entrada. Virou carro de nicho. Deveria ser um carro de entrada e só, sem versão Cross e motor TSI. Não acredito que suas vendas sejam incrementadas com essas mudanças.

  • carnero

    Podia lançar a versao cost up!