Honda-FitA receita dos fabricantes para fazer um aventureiro urbano consiste, basicamente, em aplicar molduras plásticas à carroceria elevar a suspensão em alguns centímetros. Às vezes há mais ingredientes, como pneus de uso misto e faróis de milha. Pois a Honda decidiu tornar a fórmula ainda mais light e preparou o Fit Twist apenas com os adereços estéticos. Mecanicamente, o modelo não dispõe de quaisquer alterações.

Sozinhos, suspensão elevada e pneus próprios não passam nem perto de transformar um automóvel comum em veículo off-road. Porém, é certo que tais recursos surtem algum efeito na hora de enfrentar estradas de terra ou vias de pavimentação em condições precárias. Ao menos é possível andar menos preocupado com as irritantes (e perigosas) raspadas em desníveis, que tornam-se mais facilmente evitáveis. Pois no Fit, isso não ocorre: a capacidade para sair do asfalto é praticamente nula, assim como ocorre com os demais membros da linha.

Embora na foto acima o Fit apareça em um local de terra, ele se sente à vontade mesmo é no asfalto, ou no máximo em trechos de calçamento. Além da altura em relação ao solo (de 16 cm), também limitam a aventura os pneus de perfil baixo (185/55 R16), que deixam as rodas vulneráveis a pedras e outros obstáculos. Além do mais, a suspensão tem acerto rígido, que não decepciona em vias em boas condições, mas causa muitos solavancos desconfortáveis  em desníveis e irregularidades.

Honda-Fit-aderecosVerdade seja dita, o Fit não chegou a ser um total desastre fora do asfalto. Costumo trafegar por uma estrada rural com todos os veículos testados pelo Autos Segredos: a via, de terra batida, não chega a representar grande desafio, mesmo para modelos sem proposta off-road. Porém, eventualmente, alguns veículos acabam beijando o solo em um declive. Pois o Honda, apesar de não ter suspensão elevada, passou incólume pelo percurso…

A roupagem off-road do Fit Twist inclui para-choques próprios, molduras plásticas nos para-lamas, saias laterais, racks no teto e rodas de liga leve com desenho exclusivo (mas com medidas idênticas às de outras versões). Graças aos adereços, o monovolume ficou 3 cm mais comprido, 2 cm mais largo e 3,5 cm mais alto. As medidas totais chegam, respectivamente, a 3,93 metros 1,71 m e 1,57 m.

Continue acompanhando nossa avaliação com o Honda Fit Twist.  Em breve, publicaremos mais novidades.

Fotos: Alexandre Soares/Autos Segredos, com tratamento de Taynaá Nayara/especial para o Autos Segredos

 

Tags: , , , , , ,